O Balé da Chuva

Finalmente voltamos de viagem. Saímos de uma Madison ensolarada, que beirava os 35 graus, e chegamos em uma Curitiba chuvosa e muito fria – semana passada até nevou. A boa coisa é que fez frio na nossa última semana de férias – hoje, que o Francisco voltou às aulas (aleluia senhor), fez um dia lindo de morrer.

IMG_70421

Semana passada a gente aproveitou pra colocar os livros em ordem, reler e redescobrir alguns – esse aqui foi um deles. Comprei O Balé da Chuva na livraria Poetria, aqui em Curitiba. Lá é um lugar bacana, livraria pequenininha  e aconchegante, com cafés e delícias e uma bela seleção de livros infantis. Lá também tem muita coisa local (de autores aqui do Paraná), e volta e meia acontece eventos bacanas, como papo literário, contação e outras atividades. Foi numa dessas que comprei nossa cópia do Balé da Chuva.

É o primeiro livro infantil de Marilza Conceição, professora e coordenadora da regional do Paraná da AEILIJ (Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil), e é uma delícia de ler. É em primeira pessoa em primeira pessoa, e começa descrevendo uma paisagem muito conhecida para quem mora aqui por esses lados: uma casa de madeira, parede branca e janelas azuis, um grande pinheiro araucária aos fundos (que o Francisco toda vez que vê na ilustração, aliás, diz: ó mãe, o pinheiro do pinhão!).

IMG_70701

Numa noite muito chuvosa a mãe observa a janela. A filha caçula aparece dizendo que está com medo daquela chuva toda – e ali começa uma conversa sobre ela, a chuva. Mãe e filha observam pela porta – e a mãe narra a chuva como se ela fosse um balé, guiado por uma orquestra de ventos e trovões:

“Abraço-a enquanto olhamos os pingos barulhando na calçada. 

Um clarão piscante de luz aparece no céu por instantes, feito lâmpada fluorescente gigante. Aconchego-a junto a mim:

Agora vem o trovão, o instrumento musical mais vigoroso.”

 

No final, a garotinha perdeu o medo, e mãe e filha dançam nos degraus da entrada da casa, acompanhando o ritmo da chuva. É daqueles livros pra ler aconchegado com o filhote (ou filhota), melhor ainda se ouvindo a chuva lá fora, por que não? As ilustrações são de Alessandra Tozi, também curitibana.

O livro está à venda por aqui na Poetria e na Navegadores – fora do estado, vale encomendar pela editora Insight.

***

Livro: O Balé da Chuva

Texto: Marilza Conceição

Ilustração: Alessandra Tozi

Editora: Insight

Vamos conversar?