oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 6 anos, e vinícius, ainda bebê. seja bem-vindo! Leia mais



Você está vendo os artigos na categoria “Novidades e Lançamentos”
18 fev 2016

Tudo Muda, de Anthony Browne

Escrito por
A Chegada de Um Irmão, Destaques, Fases e momentos especiais, Novidades e Lançamentos

Anthony Browne desperta muita curiosidade – em mim, pelo menos, é curiosidade pura. Vencedor do Prêmio Hans Christian Andersen, o mais importante prêmio literário infantil, Browne tem uma obra impecável. A gente nunca imagina o que pode encontrar dentro de seus livros – a não ser surrealismo, fantasia e histórias absolutamente fantásticas, isso é certo.

"Tudo Muda" - atenção aos detalhes: o "D" espelhado do título, a chaleira que começa a se transformar...

“Tudo Muda” – atenção aos detalhes: o “D” espelhado do título, a chaleira que começa a se transformar…

Essa semana chegou por aqui o “Tudo Muda”, lançamento da Pequena Zahar. Eu tenho o hábito de ler os livros sempre antes de fazer a leitura em voz alta com o Francisco – é pra garantir que o livro não vá trazer nada muito assustador (já aconteceu muito!), um discurso preconceituoso ou algo que às vezes ainda não é hora, simplesmente. Mas dessa vez não deu tempo – era hora da leitura antes de dormir, aquele livro fresquinho em casa, Anthony Browne…ah, vamos descobrir juntos!

É o menino Gregório quem acompanhamos – numa manhã, ele nota algo muito estranho na chaleira da cozinha. A casa estava quieta, tudo como ele havia deixado…mas alguma coisa estranha acontecia – ele só não sabia dizer o que era. Naquela mesma manhã, seu pai havia saído cedo buscar sua mãe, e tinha mesmo dito que as coisas iam mudar – mas o que seria? Como todos os livros de Browne, estão nas ilustrações as muitas referências e convites à descoberta – a pia do banheiro começa a tomar uma forma diferente quase humana; o sofá se transforma em crocodilo; a poltrona, adivinha? Num grande gorila (ah, os gorilas do autor!).

As muitas referências de Browne deixam a leitura muito mais rica.

As muitas referências de Browne – e transformações, muitas transformações!

A passagem do tempo é deliciosa de se acompanhar – Gregório espreita por cima do mudo, sobe em sua bicicleta, chuta uma bola que vai se transformando aos poucos em num gigantesco ovo que em pleno ar liberta uma grande ave (olha aí as pistas!). Mas Gregório não sabe do que se trata a mudança – nem eu leitora, nem Francisco leitor. O que seria?

Então ele volta para seu quarto, fecha sua porta – e seus pais chegam em casa. “Oi, meu amor!“, diz a mãe – e em seu colo…um bebê! A transformação é essa: uma irmãzinha que chega – na última página está a família reunida no sofá, xícaras de café no chão, sorrisos, o bebê no colo de Gregório. A mudança simplesmente não poderia ter sido mais divertida para nós – que também aguardamos a nossa, um irmãozinho para o Francisco, que no comecinho de agosto chega por aqui.  🙂

Acabou que o Anthony Browne nos despertou ainda mais amor – e lógico, curiosidade. Que livro mais lindo! <3

***

TUDO MUDA

Texto e Ilustração: Anthony Browne

Edição: Pequena Zahar, 2016

***


27 jan 2016

Gráficos Informativos – Espaço

Escrito por
Destaques, Divertidos, Livros Informativos, Novidades e Lançamentos

Se tem algo que sempre despertou minha curiosidade é o universo – como surgiu, até onde vai, supernovas, buracos negros e afins. Bom, tive um pai professor de física da universidade (entre outras profissões!), homem mais curioso que já conheci, e que também tinha seu amor pelo espaço. E posso dizer: meu pai passou boa parte da sua vida respondendo, cheio de disposição, às perguntas dos filhos e nos incentivando a fazer outras. Tá aí algo que prezo e que faço questão que meus filhos sempre tenham: curiosidade. Que duvidem, que questionem, que nunca parem de perguntar.

IMG_0726

E eu noto e amo a curiosidade do Francisco, com seus 5 anos e tantas perguntas pela frente – já me veio com algumas do tipo de onde viemos (quem nunca?), onde estamos, quem foi o primeiro homem que aqui viveu, por que se fala 2015 se a terra tem tanto tempo (essa foi de matar!). Foi nessas que inventamos um programa legal nessas férias: assistimos ao seriado Cosmos, todos juntos, em família. Já assistiram? É demais (tem no Netflix!), apresentada pelo físico Neil deGrasse, cheio de didática e bom humor. É a continuação do seriado de Carl Sagan, da da década de 80. Super informativo, repleto de boas histórias, com animações divertidas e capaz mesmo de prender a atenção – vejam só, até de um menino de 5 anos!

IMG_0735

[todos os planetas do nosso sistema solar: um ano em Mercúrio leva 88 dias terrestres; um ano em Urano leva 84 anos da Terra!]

Pois bem, foi terminar Cosmos no domingo passado (são 10 episódios) e essa semana chega esse livro incrível aqui em casa – justamente sobre o espaço! Repleto de ilustrações coloridas (e incríveis!), o livro “Gráficos Informativos – Espaço” mostra curiosidades e fatos sobre o espaço que habitamos, de forma muito direta, enxuta e divertida.  Começa falando do universo em si – quando e como surgiu, do que é feito, seu tamanho, o que há nele. Depois vamos seguindo através dos capítulos e nos aproximando da terra – há um só sobre as galáxias e suas estrelas, outro sobre nosso sistema solar, sol, terra e lua e dois bacanas demais sobre como já aprendemos tanto sobre o universo (com um convite: continuemos nossas buscas, sejamos mais e mais curiosos!): os astrônomos mais conhecidos, quais telescópios já mandamos lá para cima, como é um traje espacial e a vida lá em cima.

IMG_0736

[comparando planetas e frutas: Júpiter seria uma melancia; a Terra um tomate cereja]

O livro é  legal demais – faz parte de uma coleção recém-lançada pela Mov Palavras: tem esse aqui, sobre o Espaço, e mais dois, sobre o Corpo Humano e sobre o Reino Animal. São escritos pelo jornalista Simon Rogers e sempre ilustrados por diferentes artistas: esse aqui é pela Jennifer Daniel. Prato cheio aos curiosos de plantão! 😉


18 jan 2016

livros: A Democracia Pode Ser Assim e A Ditadura é Assim

Escrito por
Destaques, Diversidade e Respeito, Livros, Novidades e Lançamentos, Para Refletir

A primeira vez que vi sobre esses livros foi no instagram de um amigo, há algum tempo – ele mostrava as versões espanholas deles, reeditadas pela incrível Media Vaca. Achei sensacional a ideia – permitir a conversa sobre política com as crianças através de livros infantis. “A Ditadura é Assim” e “A Democracia Pode Ser Assim” foram publicados na Espanha pela primeira no final dos anos 70; as ilustrações eram outras, mas o texto o mesmo – e incrivelmente atual, acessível. Foram resgatados e reeditados pela Media Vaca e publicados no final do ano passado no Brasil pela Boitempo (sob seu novo selo infantil Boitatá). 

a-democracia-pode-ser-assim

“A Democracia Pode Ser Assim”

a-democracia-pode-ser-assim-02

ilustrações e colagens de Marta Pina

No primeiro volume, a gente conhece o que é – ou melhor, o que deveria ser – uma democracia. As escolhas, o direito e a importância do voto, os diferentes partidos e seus representantes e principalmente: os direitos e deveres de todos nós. O livro não deixa de nos lembrar da importância de nos informarmos sempre e de ficarmos atentos às nossas possibilidades de escolha e aos nossos escolhidos:

“(…) é muito importante que todos estejam sempre bem informados. E que todos vigiem tudo, para que não seja um só que vigie todos. Pois é muito fácil enganar as pessoas com palavras bonitas, com dinheiro e com promessas que nunca serão cumpridas.”

a-ditadura-e-assim

“A Ditadura É Assim”

a-ditadura-e-assim-02

ilustrações de Mikel Casal

Já no segundo volume, a ditadura nos é apresentada. O tom é divertido, mas o papo é sério – quem é o ditador, como ele toma o poder, seus interesses. O povo que o teme, que é explorado e que é censurado em tudo – até no direito de pensar e questionar. Como bem lembra Ruy Braga no final do livro, em uma época tão recente em que algumas pessoas saíram às ruas do Brasil pedindo pela volta da ditadura militar, é bom lembrar bem o que isso significa.

As ilustrações de ambos os livros são coloridas e divertidas – no primeiro, repleto de colagens antigas e misturadas, obra da artista Marta Pina. No segundo, os desenhos de Mikel Casal são mais caricatos, com muita cor e jeitão engraçado. O bacana é que os textos são acessíveis, fáceis e muito divertidos de ler com as crianças – uma introdução deliciosa e essencial à cidadania, à vida em sociedade e à política.

Esses são os dois primeiros volumes da série, formada por 4 títulos (e intitulada “Livros Para o Amanhã) – os dois próximos tratam questões sociais e de gênero: “O Que São Classes Sociais?” e “As Mulheres e Os Homens”, e saem em 2016. Ah, a faixa etária sugerida pela editora é dos 8 aos 10 anos – mas não precisa se restringir a isso não (aliás, não precisa se restringir a idade mínima para literatura nunca, vamos combinar!): aqui em casa a leitura com o Francisco,  que tem seus 5 anos, gerou interesse, perguntas e divertiu. Um livro pra ainda ler, reler e se questionar muito. 😉

***

A DEMOCRACIA PODE SER ASSIM

Texto: Equipo Plantel

Ilustrações: Marta Pina

Edição: Boitatá, 2015

A DITADURA É ASSIM

Texto: Equipo Plantel

Ilustrações:

Edição: Boitatá, 2015