oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 7 anos, e vinícius, de 1 ano. seja bem-vindo! Leia mais



Você está vendo os artigos na categoria “Datas Especiais (Páscoa, Natal…)”
26 jul 2016

Especial: Livros para Presentear Mamães e Recém-Nascidos

Escrito por
Datas Especiais (Páscoa, Natal...), Destaques, Divertidos, Listas de Livros

Dia desses, arrumando a mala da maternidade do Vinícius (estamos entrando na semana 39 de gestação), tive uma ideia: fazer um especial sobre livros para presentear recém-nascidos e mamães que acabaram de ter bebê. Pois é! Quando a gente pensa num presente pra uma criança que acaba de chegar ao mundo, a gente pensa numa roupinha, algum brinquedinho…mas por que não um livro? Um livro que possa ser curtido naquele momento e em muitos outros no decorrer da vida dela, e de quebra, emocione e encante a mamãe também. Na listinha abaixo e lá no youtube, 6 livros infantis que abordam a temática maternidade-nascimento-descobertas, todos bonitos demais. 🙂

1. CORAÇÃO DE MÃE

Esse é um livro para emocionar e tocar qualquer coração de mãe – mas que também diverte e encanta os pequenos. Já passou por aqui antes, numa listinha que fiz no ano passado para o dia das mães, e quer saber? Segue sendo meu preferido da vida quando se trata do assunto “maternidade”. Reúne a sensibilidade da escritora portuguesa Isabel Minhós Martins e a alegria das ilustrações de Bernardo Carvalho em um livro delicioso que conta sobre o músculo maluco que é o coração de mãe: dança quando ouve gargalhadas dos filhos, parte-se em mil pedaços quando os vê tristes, vira um novelo embaralhado quando não os compreende. Tudo porque é ligado ao coração de cada filho por um fio fininho que só – e por isso, tudo que o filho sente, a mãe sente também. E como sente! Nossa edição é da editora portuguesa Planeta Tangerina, mas no Brasil o livro já saiu pelo selo Tordesilhinhas, da Editora Alaúde.

coracao-de-mae

2. QUANDO EU NASCI

“Quando Eu Nasci” é também escrito pela Isabel Minhós Martins, mas ilustrado pela Madalena Matoso – é outro livro delicado, cheio de carinho e descobertas. Narra, através dos olhos de uma criança pequenina, o descobrir e desvendar o mundo. Tudo começa já na barriga da mãe, mas é ao nascer que começam de fato as infinitas descobertas – as cores, cheiros, as texturas, barulhos, os primeiros passos. Cada dia algo completamente novo – que, vamos combinar, não acaba nunca! Outro livro lindo de se presentear um recém-nascido, um lindo recado de “boas-vindas”. Publicado por aqui também pelo selo Tordelhinhas, da Alaúde.

quando-eu-nasci

3. ALGUM DIA

Outro livro bacana de presentear as mães – especialmente aquelas que acabaram de ter uma menina, já que é uma declaração de amor de uma mãe à sua filha. Diferente do “Coração de Mãe”, que emociona meio sem querer (e é especialmente bonito por isso), esse é carregado de emoção e até um bocadinho de drama, vai – mas é delicado. A mãe começa contando para a filha por tudo que já passaram, até a constatação: “você era meu bebê, agora é minha menina”. E segue narrando algumas das coisas pela qual a garota vai passar: “algum dia seus olhos se encherão de profunda alegria e brilharão; algum dia ficarei triste neste terraço vendo você acenar para mim até desaparecer”. Ao final, ela fala sobre o momento em que a filha terá sua própria filha – e então se lembrará da mãe. As ilustrações são leves, bonitinhas – e fazem um contraste bacana com o texto carregado de emoção. Publicado pela WMF Martins Fontes.

algum-dia

4. NA BARRIGA DA MINHA MÃE

Esse livro foi um presente que ganhei e que, admito, me emocionou um bocado (pode culpar os hormônios da gravidez, pode!). Na história, a menina Antonia, também conhecida como Totó, conta de quando morava na barriga de sua mãe. Ela queria poder lembrar de tudo que passou lá dentro, da imensidão na qual nadou quando ainda era um feijãozinho, dos saltos em torno do cordão umbilical. Um livro cheio de imaginação e sensibilidade, parceria linda entre as amigas Júlia Rosemberg, que escreveu (a Totó é sua filha!) e Thais Stoklos, que ilustrou. Um presente bastante sensível para uma mãe que acabou de ter bebê e também para aquela que carrega o bebê na barriga – tão gostoso imaginar tudo que ele faz lá dentro! Publicado pela editora Equador.

na-barriga-da-minha-mae

na-barriga-da-minha-mae-2

5. EL MENINO

Sabe o que mais AMO nesse livro? Do tom hilário com o qual ele conta uma história real, que aconteceu com a artista Isol, a autora, e com todas as mães do mundo: a chegada bombástica do recém-nascido em casa! O longo e demorado caminho pelo qual percorreu até chegar no mundo, a forma como se alimenta, os sons que emite, os que ouve, as reações, xixis e cocôs desse pequeno ser são tratadas com humor e também com ternura. O final é fofo demais: a gente descobre que o dia que o bebê se sente em casa mesmo é o dia em que se dá conta de que todo mundo já foi pequenininho, com ele. As ilustrações complementam o texto: enquanto vemos os grandes passeando, vemos suas versões bebês junto, grudadinhas a eles. Ainda sem edição no Brasil, trouxe nossa cópia de Buenos Aires – mas encontra-se fácil o livro em livrarias online, como a Amazon espanhola ou até a brasileira, mas na versão em inglês.

el-menino

el-menino-2

6. MON TOUT PETIT

“Mon Tout Petit” é o xodó dessa lista, um dos livros mais bonitos e sensíveis que tratam sobre maternidade. Fala, basicamente, do amor de uma mãe por seu filho, do ciclo da vida – conforme vamos virando as páginas, vamos acompanhando o filho crescendo nos braços da mãe, até não mais caber ali, até o momento em que os papéis se invertem: de repente é a mãe nos braços do filho. Tudo acontece como numa dança, página a página, ilustração por ilustração. O final é triste, lindo, verdadeiro: um dia a vida vai separá-los. Publicado pela La Joie de Lire, o livro ainda não tem edição nacional. Nossa cópia comprei através da Fnac francesa, e chegou tão rápido que foi até um susto: em menos de 5 dias estava aqui!

mon-tout-petit

***


16 mar 2016

Um Livro Na Cesta de Páscoa: 5 Dicas Divertidas

Escrito por
Datas Especiais (Páscoa, Natal...), Destaques, Divertidos, Listas de Livros

Aqui em casa é assim: qualquer celebração é motivo de presentear com livro. Até na Páscoa – há três anos comecei uma brincadeira divertida: a cesta do Coelho vem sempre com um livro diferente. A ideia não é substituir chocolate por livro não (se bem que pode, ué): é curtir o domingão de páscoa comendo vários chocolatinhos (#ansiosa) e curtindo um livro novo que o próprio Coelho escolheu para presentear. Pode ser qualquer um – mas se for algum relacionado à Páscoa ou a coelhos é muito mais divertido! Algumas dicas divertidas:

1.COELHINHO E A CENOURA MÁGICA

Esse foi um dos primeiros livros dos quais falei aqui no blog – e foi aquele com o qual comecei essa brincadeira de incrementar a cesta de chocolates com um livro também. O Francisco tinha dois anos na época, e essa é uma historinha bem divertida pra ler já com o mais pequenininhos! Tudo gira em torno de uma grande competição de hortaliças: Coelhinho e seu amigo Claudinho se reúnem para plantar a maior cenoura já vista. Plantam, regam, cuidam, dançam em volta da cenoura, tudo para que ela cresça forte – enquanto isso, os outros coelhos cuidam de suas outras hortaliças: abóbora, rabanetes, alho-poró (altamente útil para a hora de fazer os pequeninos provarem algum desses legumes: “será que esse alho-poró do prato é o mesmo do coelhinho?”). No final, todos se saem muito bem em suas plantações, e a dificuldade é escolher qual o maior de todos os legumes. Solução? Fazer uma super torta salgada, para que todos possam provar e descobrir qual o mais saboroso! Ah, ainda vem uma receita no final, pra cozinhar e provar com a criançada! Publicado pelo selo Zastras, da Editora Nobel.

coelhinho-e-a-cenoura-magica

2. CORINA CURIOSA E O MAIOR BURACO DO MUNDO

Outro livrinho divertido para presentear na Páscoa, Corina Curiosa conta a história de uma coelhinha que um dia acorda com um plano: cavar o maior buraco do mundo. Lugar devidamente escolhido (o Francisco adora a parte do mapa, em que ela determina onde pode ou não pode cavar o buraco – dá só uma olhada no vídeo!), começa o trabalho. Mas a missão não é fácil: primeiro ela acaba cavando a casa de uma minhoca; depois é uma topeira quem vai tirar satisfações; quando ela acha que está encontrando ossos de dinossauro…aí é o cachorro quem vem reclamar que ela está destruindo seu esconderijo de ossinhos! História escrita e ilustrada pela canadense Marie-Louise Gay (autora dos livros “Estela” e “Marcos”) sobre o imaginário infantil, brincadeiras e aventuras, publicada pela Brinque-Book.

corina-curiosa-e-o-maior-buraco-do-mundo

3. UMA HISTÓRIA DE PÁSCOA

Agora, se você não quer ficar só nas histórias de coelhos e afins, mas quer um livro de Páscoa, é esse aqui: Uma História de Páscoa, da Ana Maria Machado. A história já começa com uma inversão divertida: enquanto as crianças acordam no domingo ansiosa que os coelhos tenham trazido seus chocolates e ovos coloridos, adivinha? Os coelhos também acordam ansiosos que as crianças tenham trazido suas cenourinhas! Problema é que num certo domingo de Páscoa o Joãozinho acorda decepcionado que seus chocolates não apareceram – e do outro lado do jardim, o coelhinho Dudu também tem a mesma péssima supresa: zero cenourinhas na sua cesta! Então os dois saem procurar melhor até que acabam é encontrando um ao outro – e decidem que o melhor é voltar pra casa, providenciar os respectivos chocolates e ovos e ajudar seu mais novo amigo. Historinha divertida, cheia de humor, com ilustrações coloridas e vibrantes – um livro alegre pra caramba! Publicado pela Salamandra.

uma-historia-de-pascoa

4. DONA GALINHA E O OVO DE PÁSCOA

Rá, esse vai ser o livro que estará na cesta do Francisco na cesta 2016 de Páscoa. Comprei essa semana, e estou ansiosa pra curtir com ele no domingão – é uma história engraçada demais, um amor! Um dia, Dona Galinha passeia feliz e sorridente pelo seu galinheiro quando encontra um belíssimo ovo de páscoa, todo embrulhado e colorido. Então ela decide levar o tal ovo para casa e chocá-lo, torcendo para que dali saia um lindo e formoso pintinho, com bolinhas, as cores do celofane e até laçarote. Choca, choca…e nada. A essa altura, ela é o assunto entre todas as comadres, claro – todo mundo queria chocar o lindo ovo! Mas no final das contas, não sai pintinho nenhum de lá, para decepção total de Dona Galinha – o ovo acaba só murchando, murchando. Sorte do menino Pedro, que logo encontra seu ovo de Páscoa perdido, escondido no galinheiro! Um conto muito divertido de Páscoa, obra da escritora cearense Eliana Sá – publicado pela Scipione.

dona-galinha-e-o-ovo-de-pascoa

5. HISTÓRIAS DE COELHO E ELEFANTE

O último livro da lista é muito diferente – mas muito, muito divertido! Não tem nada de Páscoa, mas tem coelho – e tem elefante também! Em 10 capítulos curtos, acompanhamos uma amizade um tanto quanto inusitada entre um coelho e um elefante, que como dois bons amigos, vivem a tirar sarro um do outro e aprontar o quanto podem. Os diálogos são hilários, as aventuras divertidíssimas – criar um avião de madeira, um barco, visitar uma loja de cristais (pois é!). O livro é escrito e ilustrado pelo argentino Gustavo Roldán, que tem um estilo muito próprio, cheio de bom humor – daqueles livros que fazem rir as crianças, mas os adultos também! A edição, caprichadíssima, é da Mov Palavras.

historias-de-coelho-e-elefante

***


8 fev 2016

Aula de Samba – A História do Brasil em Grandes Sambas-Enredo

Escrito por
Datas Especiais (Páscoa, Natal...), Destaques, Divertidos, Posts Especiais

Divertido mesmo é aprender história e geografia e nem se dar conta – ouvindo samba-enredos que marcaram nossa música, por exemplo. O livro “Aula de Samba – A História do Brasil em Grandes Samba Enredo” é um livro legal demais idealizado por Martinho Filho, filho de Martinho da Vila – reúne 11 sambas-enredos cuidadosamente selecionados que contam a história de nosso país. É conhecer as letras, o contexto e história de como foi composto e descobrir os fatos e personagens históricos de cada um deles, em textos deliciosos de Maria Lucia Rangel e Tino Freitas, fotos da época dos sambas e  ilustrações de ninguém menos que Ziraldo. O barato é que um cd ainda acompanha o livro, com todos os sambas-enredos cantados por grandes intérpretes: Chico Buarque, Lenine, Maria Rita, entre outros.

O primeiro deles, e talvez dos mais conhecidos, é o “Exaltação a Tiradentes” – coisa linda cantada por Chico Buarque.! Escrito em 1949 por Mano Décio, o livro conta que um dia Mano sonhou que estava catando uma música – acordou e pediu que sua mulher fizesse coro com ele. “Ficou tão animado que no dia seguinte faltou ao trabalho, comprou peixe na feira e preparou o almoço” – a letra ele escreveu se guiando no livro do primeiro ano de ginasial de sua filha, e conta a história de Tiradentes, primeiro grande mártir da Independência do Brasil. Foi traído, condenado e recebeu punição severa: foi enforcado, teve seu corpo esquartejado e exposto ao longo da Estrada Real, no dia 21 de abril de 1792. Não bastasse isso,  a Coroa Portuguesa ainda queimou sua casa, confiscou seus pertences e e ainda jogou sal no terreno para que nada fosse plantado lá.

Outro samba-enredo cheio de história é o “Dia do Fico”, composto 1962 por Cabana e cantado por Paulinho Moska nesse projeto. O sambinha conta a história do dia em que Dom Pedro I declamou a famosa frase: “Como é para o bem de todos e felicidade geral da nação, estou pronto: diga ao povo que fico!” – alguns meses depois o Brasil se tornaria independente de Portugal e teria seu primeiro imperador. Divertido é descobrir as curiosidades em torno desses momentos e das figuras: Dom Pedro I, por exemplo, tinha um nome comprido pra caramba: Pedro de Alcântara Francisco Antônio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon. Pois é!

IMG_1505

Além desses, há outros sambas-enredos cheios de história e curiosidades: “Dona Beja, A Feiticeira de Araxá” conta a história de Dona Beja, mineira nascida em 1800, cheia de modernidade para a época: era mãe solteira de duas meninas, generosa, inteligente e muito influente. Já “Heróis da Liberdade” fala sobre duas liberdades: a dos negros escravizados e do fim da dependência de Portugal. Daqueles livros que são para crianças, mas agradam e encantam os adultos também, mergulho cheio de ginga na nossa história! Publicado pela Edições de Janeiro.

***