oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 6 anos, e vinícius, ainda bebê. seja bem-vindo! Leia mais



Você está vendo os artigos na categoria “Para dar risada”
10 abr 2017

livro: A Festa de Aniversário

Escrito por
Divertidos, Livros, Para dar risada

Dia desses o Fran foi convidado para uma festa do pijama, com, pasmem, 14 outros garotos (mãe corajosa a dona dessa festa né?!). Até a tal noite chegar não se falou em outra coisa em casa, logicamente. Era ansiedade demais. No dia da festa, então, socorro: era contagem regressiva hora a hora. Aí que ontem, quando lemos “A Festa de Aniversário”, o Francisco riu alto se reconhecendo na história: “parece eu na festa do João, né?!”.

A protagonista dessa parceria deliciosa entre Ilan Brenman e Fernando Vilela não se aguenta de ansiedade até a festa do amigo. A mãe acorda afobada, com cara de arara despenteada (teve gente que também se reconheceu nela por aqui, obrigada), e a menina jurando que já é hora da festa – mas ainda é só de manhã! No decorrer da leitura, o tempo vai passando, a festa chegando…e muita coisa colorida e engraçada acontecendo! Livrinho super divertido sobre tempo, paciência…e sobre festa, quem resiste? Da Editora Panda Books.

***


15 mar 2017

livro: A Moeda de Ouro Que Um Pato Engoliu

Escrito por
Clássicos, Divertidos, Literatura Brasileira, Livros, Para dar risada

Na cidade de Ferreiro, em Goiás, os moradores montavam animados uma festa para o padre da cidade. O prato do almoço seria especial: pato com arroz mole. Mas na hora que a cozinheira Idalina vai abrir o bicho “pela cacunda”…a faca emperra. E não é que lá dentro do pato tinha uma antiga moeda de ouro? A missão agora é decidir quem fica com ela: será a cozinheira, será o padre, será quem criava o bicho?

Essa história pra lá de divertida, repleta de regionalismos (delícia de ler em voz alta fazendo caras e bocas!), é na verdade uma carta: carta que Cora Coralina escreveu em 1965 para seu neto, Carlos Magno. Nela, a poeta brinca que “é mais velha que esse século” (nasceu em 1889) e ainda termina assim: “se a história não é melhor é porque a vovó não tem mesmo jeito pra contar” – vê se pode! As ilustrações são de Alcy Linares (que não é por nada, mas são a cara da minha infância!) e a publicação é da Global Editora.

***


2 mar 2017

livro: A Vaca Que Botou Um Ovo

Escrito por
Diversidade e Respeito, Divertidos, Livros, Para dar risada, Para Refletir

A vaca Mimosa andava meio deprimida, coitada – é que ela não sabia fazer nada de muito especial, como andar de bicicleta ou plantar bananeira como as outras vacas da fazenda. Mas Mimosa era uma vaca legal pacas, amigona das galinhas – e por isso, numa madrugada cheia de cocoricós, elas tiveram uma super ideia para animar a amiga.

E bem, vocês podem imaginar pelo título do livro qual a ideia – mas não podem imaginar o rebuliço que a novidade causou! “A Vaca Que Botou Um Ovo” (Editora Salamandra) é um livro engraçado, mas que também trata com delicadeza sobre diferenças e aceitação.

Chegou até nós através do clube de leitores A Taba arrancando gargalhadas do Francisco! A história mirabolante, as ilustrações hilárias…e um detalhe muito pessoal: um nome no final do livro que fez o garoto aqui chorar de rir. E a mãe junto, claro!

***