oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 6 anos, e vinícius, ainda bebê. seja bem-vindo! Leia mais



Você está vendo os artigos na categoria “Fases e momentos especiais”
7 dez 2015

O Coelhinho Que Dormiu de Tédio

Escrito por
Fases e momentos especiais, Hora de Dormir, Livros

Dia desses recebi em casa um livro que tem dado o que falar lá fora – o tal “O Coelhinho Que Queria Dormir”, escrito pelo terapeuta sueco Carl-Joahn Forssén Ehrlin. O motivo de tanto entusiasmo em torno dele é simples: o livro promete fazer toda e qualquer criança adormecer.

A princípio, torci o nariz: livros com finalidade me causam estranheza, e sinceramente, não acredito em fórmulas mágicas. Um livro que promete adormecer qualquer criança insone me soa tão falso quanto um chá emagrecedor ou ganhar dinheiro dormindo.

Mas eu quis, sim, dar uma chance. Afinal, o livro foi lançado de forma independente lá fora, logo virou febre na Inglaterra e nos Estados Unidos, e não demorou para que grandes editoras vissem aí uma fonte de lucrar muito. No Brasil, o livro foi recentemente lançado pela Companhia das Letras.

Vamos aos fatos: há algumas noites, me sentei para ler ao lado do Francisco, evitando que ele olhasse as ilustrações, exatamente como sugere o autor. Ele também orienta que as palavras em negrito sejam lidas com ênfase e as itálico de forma mais lenta. Também é importante citar o nome da criança insone onde é indicado e, pasmem, fingir bocejos em pontos específicos. Então lá fui eu.

Foi começar a leitura e sentir vergonha – por estar lendo aquela bobagem e por estar fazendo meu filho, que ouvia perplexo, acompanhar uma história que juro, não leva a lugar nenhum. O livro não tem nenhum valor literário, é muito mal escrito e tem uma história entediante e cansativa. Talvez por isso, de fato, funcione – é melhor dormir, e rápido, do que chegar ao final de um livro tão chato.

Basicamente, conta a história desse coelhinho, o Roger, que quer dormir mas não consegue. Então a mamãe leva ele ao Senhor dos Bocejos, que dá um pozinho mágico (e o autor orienta: “enquante lê, faça como se estivesse salpicando o pó sobre a criança”) que faz Roger dormir lindamente junto com todos seus irmãozinhos coelhos.

O Francisco, que gosta de curtir histórias longas (justamente para dormir mais tarde, ele acha que me engana!), ficou claramente inquieto com essa que não é nada além de repetição e tédio. Ou seja, o livro funcionou, mas ao contrário.

Para não ser de todo chata, as ilustrações da Silvana Rando são muito bonitinhas. Mas sério: melhor curtir ilustrações dela em livros com histórias muito mais bacanas, como Peppa, Gildo e o divertidíssimo Meu Vizinho é Chato Pra Cahorro, também publicado pela Companhia das Letras.

Vale investir os 20 reais (e os 20 minutos de leitura) que custa o livro em outro mais bacana – e tem tantos por aí! Para a hora de dormir, melhor apostar em livrinhos divertidos, que façam a imaginação voar longe – fazer valer esse momento tão importante. Curtir uma história que faça sonhar, algumas canções de ninar, carinho e aconchego. Essa deveria ser a fórmula. O coelhinho que me perdoe, mas aqui em casa ele não volta não.

ah, parece que com gatos funciona ;)

Ah, parece que com gatos funciona!

***

Para conhecer alguns livros para a hora de dormir que eu e o Francisco curtimos muito, clique aqui. 😉


4 nov 2015

Especial Hora de Dormir: Nossos Livrinhos de Boa Noite Preferidos

Escrito por
Destaques, Fases e momentos especiais, Hora de Dormir, Listas de Livros, Livros

Não adianta, é consenso: a hora de dormir é a melhor hora para ler histórias. É aquela hora em que a gente se desconecta dos celulares, computadores e afins – ou pelo menos deveria! – e se rende às boas histórias, nos bons e velhos livros. Em casa nós temos um combinado: são três livrinhos em média por noite – mas dependendo do tamanho dos livros e da disposição, podem virar dois ou um só. E quando são um só, geralmente é porque o cansaço tá grande e a historinha vem só pra embalar o sono – nessas horas, temos nossos preferidos: livrinhos de boa noite. São livrinhos cujas histórias giram em torno do ritual do sono, da hora de dormir, e que são, vamos dizer assim, a cerejinha do bolo na hora do boa noite.

1.CUIDE DO MEU SONINHO

Ai, se esse livro falasse…ele ia contar que olha, a hora de dormir nunca foi fácil aqui em casa, nem nunca será, obrigada. Eu nunca fui de dormir cedo e o Francisco não é diferente – e olha, eu tentei, minha gente! Rotina, banho, massagem, óleo, simpatia, chazinho – mas foi o ritual da leitura noturna o que mais ajudou. Esse livro foi um dos primeiros que lemos na vidinha do Fran, desde que ele era muito bebezinho – e é por isso que tenho um carinho tão grande por ele. Não tem uma história incrível, nem uma edição caprichada, nem nada disso – mas tem um garotinho de pijama listrado que o Francisco jurava que era ele quando tinha 2 anos de idade e uma rotininha da hora do sono que muita criança vai indetificar. Aliás, é assim o livro: apenas a rotininha do sono, e é por isso que ele funciona tão bem. O copinho d’água, o travesseiro sendo ajeitado, o xixi pra garantir e pronto, o beijinho da hora de dormir. Um livro bem bacana para os pequeninos, na faixa de 1 ou 2 anos. Da editora Fundamento.

cuide-do-meu-soninho-01

cuide-do-meu-soninho-02

2. ASSIM COMO VOCÊ

Esse foi o Francisco quem me lembrou que deveria fazer parte da lista: “é que todo mundo dorme no final, mãe, lembra?” – e opa, lembrei. Tá aqui, outro livro bem legal para ler com os mais pequenos: a comparação e a brincadeira é com os bichos, e qual criança não ama bichos? O autor (Guido Van Genechten, o mesmo do “O que tem dentro da sua fralda”?) convida a gente a reparar no quanto os animais se parecem conosco: comem quando sentem fome, amam a casa onde moram, gostam muito de brincar, correm fazer xixi quando precisam – assim como todos nós. E nessa sequência, a gente vai seguindo até a hora de fechar os olhos e adormecer – e o livro termina com o desejo de um bom sono. É, o Francisco tava certo, esse não podia faltar na lista não! Publicado pela Saber e Ler.

assim-como-voce-01

assim-como-voce-02

3. TODO MUNDO BOCEJA

Esse é outro livro especialmente bacana para os pequeninos – mas já alerto, pode dar uma vontade incontrolável de bocejar nos médios e grandes também. É que não há nada mais contagiante no universo do que bocejo, e a brincadeira aqui é justamente essa: fazer cada um dos bichinhos abrir o bocão de sono. O gato, a cobra, o guaxinim, a cobra – todos eles bocejam com nossa ajuda: é um livro de abas, para brincar mesmo. As ilustrações são fofas demais, muito coloridas, e chamam mesmo a atenção dos pequenos – e no final, lá está um bebê, também bocejando, como todos os bichinhos. A última página, tripla, traz a turma toda dormindo, feliz da vida. Pra curtir, ler e brincar, e de quebra embalar num belo soninho. Da Brinque-Book.

todo-mundo-boceja-01

todo-mundo-boceja-02

4. O LIVRO DAS BOAS-NOITES

Deixa eu contar: esse é meu preferido da listinha. E conto mais: me emociono de verdade várias das vezes que leio com o Francisco, porque é mesmo bonitinho demais. É daqueles livros que embalam a hora de dormir com amor e aconchego. As boas-noites são dadas através de poesia, com versinhos diferentes e cheios de ritmo: boa-noite pais, aos professores, às estrelas, aos imigrantes…

“aos vizinhos de outras terras

que falam de outra maneira

e que vieram à procura

de uma terra hospitaleira;

aos que chamamos estrangeiros

e na diferença são iguais

ao que somos e sentimos

quando somos fraternais.”

…e segue, aos meninos sem abrigo, à natureza, aos sonhos. Faz pensar um bocadinho, faz sim – e termina com uma mensagem cheia de esperança, daquelas que fazem bem ao coração (ali no vídeo eu leio um trechinho pra vocês!). Esse eu trouxe lá de Portugal, da Cabeçudos – a boa notícia é que dá para comprar online que eles também entregam no Brasil. 🙂

o-livro-das-boas-noites-01

o-livro-das-boas-noites-02

5. GOODNIGHT MOON

Esse é um clássico da hora de dormir – um clássico com uma cara muito da moderna! Foi escrito por Margaret Wise Brown em 1947 – e desde então, é um dos livros infantis mais vendidos nos Estados Unidos. A historinha é simples, aconchegante: um coelhinho aconchegado nas cobertas que vai dando boa-noite a cada objeto do seu quarto, aos brinquedos, às meias, à lua lá fora – a cadência da rima, quase um mantra (acho que li vezes demais pro Francisco nessa vida), vai embalando o sono. Mas são mesmo as ilustrações que chamam a atenção e que fazem desse livro algo tão diferente: tem muito verde, laranja, cores fluorescentes. Esse sim, um clássico indispensável na cabeceira. O nosso comprei via Amazon, mas no Brasil chama-se “Boa Noite, Lua” e foi publicado pela Martins Fontes.

goodnight-moon-01

goodnight-moon-02

EXTRAS – EM INGLÊS 

6. GOODNIGHT, GOODNIGHT, CONSTRUCTION SITE

Ah, já que terminei com um inglês ali em cima, deixa eu mostrar outros dois, também em inglês, que são especiais para a hora de dormir – esse aqui teve uma fase que socorro, era só ele. E vou te falar uma coisa: se você tem uma criança em casa na fase dos carrinhos-tratores-máquinas-e-afins, esse é o livro para ela. A brincadeira aqui é que assim, todo mundo tem que dormir e descansar uma hora, inclusive as máquinas – então lá vamos nós dando boa noite a batoneiras, escavadeiras e a canto de uma grande construção. Esse também tem edição em português, e por aqui saiu pela Caramelo com um nome bem divertido: “Parem de Cosntruir, É Hora de Dormir”. A molecada pira!

goodnight-goodnight-construction-site-01

goodnight-goodnight-construction-site-02

7. SLEEP LIKE A TIGER

E para fechar de vez a listinha, uma jóia, livrinho lindo e encantador: Sleep Like a Tiger. Esse tem absolutamente tudo a ver com a nossa situação por aqui, e acho que por isso o Fran gosta tanto: a garota (um princesa muito da linda!) da história não quer dormir, simplesmente. “Eu estou sem sono, não estou cansada” vai dizendo ela. Mas os pais a colocam na cama, no ritual de sempre, e ela começa as perguntas: “todo mundo tem mesmo que dormir?”. Os pais vão respondendo que sim, que cada bicho adormece – e vamos mergulhando nas ilustrações incríveis de Pamela Zagarenski: os morcegos, as baleiasos ursos e os tigres adormecem, majestosos. Como não poderia deixar de ser, a menina termina adormecendo, aconchegada e feliz. Esse aqui ainda não tem edição por aqui, só em inglês mesmo – mas vale demais! O nosso compramos via The Book Depository.

sleep-like-a-tiger-01

sleep-like-a-tiger-02

***

 

 


9 set 2015

4 Livros Infantis Divertidos para Ajudar no Desfralde

Escrito por
Desfralde, Destaques, Fases e momentos especiais, Listas de Livros, Livros

Tá aí um post que eu tô pra fazer há tempo – desde a época do desfralde do Francisco, na verdade, que hoje já está com 5 anos de idade. Falando assim, parece que faz séculos, mas a verdade é que nem faz. É que aqui em casa o desfralde foi longo e bem trabalhoso. Tentamos algumas vezes sem sucesso, e quando de fato a fralda saiu o que não saía mais era o…cocô. Pois é – a relutância com penico era tão grande que ele começou a segurar o quanto podia – e isso durou muito, muito tempo. Não foi fácil – mas no final deu tudo certo. A verdade é que cada criança tem seu tempo, seus medos e receios – e o desfralde exige muita paciência e dedicação. Uma coisa importante e que aqui fez toda a diferença foi deixar a coisa toda o mais parecido com uma brincadeira possível, usar e abusar do lúdico. Livros infantis divertidos que tratam do assunto (xixi, cocô e afins) são belos aliados nessa hora – por isso, escolhi 4 que valem ter em mãos na hora do desfralde.

1.O QUE TEM DENTRO DA SUA FRALDA?

Tá aí um clássico do desfralde, conhecido de muita gente e queridinho de muita criança – esse é um livro bem bacana para os pequenos que estão partindo das fraldas para o penico. Já falei do livro por aqui lá no início de 2013 (e depois até rolou sorteio) – é dos nossos preferidos no assunto, de longe. Não há criança que resista aos pequenos bichinhos e suas fraldas repletas de cocô, essa é a verdade – o livro é bonitinho, engraçado e bastante interativo: no caso, a interação é abrir fraldas alheias, através de divertidas abinhas. Na história, um ratinho muito do curioso e intrometido vai bisbilhotando a fralda de cada um dos seus amigos – aí é coelho, cachorro, nem o bezerro escapa da indiscrição. Todos têm a fralda suja – mas quando chega a hora do ratinho, tcha-ran! A fralda está limpinha. Os bichinhos ficam todos perplexos até entender que…ah, o ratinho já partiu pro penico. Ele mostra então seu penico repleto de cocozinhos e assim termina o livro, cada bichinho no seu penico, feliz da vida. Como eu disse, um clássico – ficou um tempão esgotado para desespero das mães em fase de desfralde, mas já foi reeditado. Da Brinque-Book.

o-que-tem-dentro-da-sua-fralda-01

o-que-tem-dentro-da-sua-fralda-02

2. CADÊ O MEU PENICO?

Outro clássico! Falei dele também por aqui na época: é que eu não podia ver livro sobre penico, cocôs e afins que eu trazia pra casa. Alguns fizeram muito sucesso, outros muito pouco – esse aqui foi um dos que o Francisco curtiu bastante. Livrinho mais simples, sem abas ou nada parecido, mas com uma história muito divertida e cheio de rimas e repetição – já falei, os pequenos adoram isso e é uma excelente forma de fisgar sua atenção. Aqui, a história é da pequena Hortênsia, garotinha apurada para ir ao banheiro – problema é que não há jeito dela encontrar o penico, que está sendo usado por todos os animais da fazenda. Eles não sabem que é um penico, chamam de “pote cocozeiro” (nem preciso dizer que aqui em casa até hoje penico é tratado assim, né?). Então há esse belo desencontro: penico ninguém sabe o que é, mas esse pote cocozeiro…que belíssima invenção! Quando a Hortênsia não se aguenta mais mesmo e vai partir para o matinho, os bichos entram em desespero – e oferecem pra ela o tal pote cocozeiro. Um livro pra rir muito com os pequenos e deixar mais leve qualquer desfralde! Publicado pela Companhia das Letrinhas.

cade-meu-penico-01

cade-meu-penico-02

3. QUERO MEU PENICO

Esse eu emprestei lá da biblioteca, recentemente – por isso, não fez parte do nosso desfralde, mas é um livro tão divertido que olha, queria ter conhecido antes. Fez o Francisco rir adoidado – as ilustrações de Tony Ross são muito engraçadas e caricatas, isso já diverte! Aqui, a princesinha começa cansada da sua fralda, mas reluta um bocadinho pra usar o penico. Aí é ela se escondendo atrás do sofá pra fazer cocô (gente, o Francisco fez TANTO isso que deuzolivre), fugindo por aí. “O certo é no penico”, diz a rainha. Até um dia em que a princesinha decide que então….ela quer penico. Aí é um deus nos acuda, gente gritando pra tudo que é lado – grita o rei, a camareira, o cozinheiro, o jardineiro, todos correndo esbaforidos atrás do penico da princesinha. Quando o penico finalmente chega…é tarde demais. Tá aí, outra coisa que acontece (e muito): acidentes no trajeto fralda-penico. Um jeito bacana da criançada se sentir confortável com eles é assim, vendo que acontece mesmo, com todo mundo – inclusive com as princesinhas. Mais um livro engraçado e divertido sobre o desfralde, publicado pela Martins Fontes.

quero-meu-penico-01

quero-meu-penico-02
4. DA PEQUENA TOUPEIRA QUE QUERIA SABER QUEM FEZ COCÔ NA CABEÇA DELA

O nome é longo, eu sei – tem que ver o Francisco tentando lembrar dele todo, eu me divirto. Esse não é exatamente um livro sobre o desfralde, mas como trata de cocô, achei que podia ajudar também – por aqui ajudou. Aliás, volta e meia ajuda, é um livro que serve pra muita coisa na vida – conta a muito engraçada história de uma toupeira míope (pois é) que um dia acorda com um cocozão na cabeça. Aí lá sai ela, muito indignada, interrogando cada um dos bichos – quem teria feito aquele desaforo? O nosso livro é pop-up, e permite diversas interações com os cocozinhos – mas como eu disse no vídeo, aqui eles foram de desfazendo nas muitas leituras. Hoje eu compraria a versão simples mesmo – afinal, o divertido aqui mesmo é a história. Olha, garanto: não há criança que não caia na gargalhada com a toupeira e seu enigma do cocô. Ah, no final ela descobre, com a ajuda de duas moscas, quem foi o culpado: o cachorro do açougueiro – e resolve se vingar fazendo o mesmo. Muitos cocozinhos de toupeira na cabeça do cão e lá sai ela fugindo, vitoriosa! Publicado pela Companhia das Letrinhas.

da-pequena-toupeira-coco-cabeca-01

da-pequena-toupeira-coco-cabeca-02

…hoje foram só quatro livros, quatro que lemos e aprovamos – mas a verdade é que não falta por aí literatura para ajudar na época do desfralde. A Michelle, do Vida Materna, já falou um bocado sobre o desfralde (vale ler as dicas dela, viu?) e indicou o Hora do Penico (e também o do ratinho!). A Kênia, lá do Vira-Páginas, fez uma lista ótima (de utilidade pública!), com vários outros livros que falam sobre o tema. É abastecer a biblioteca com o assunto e…boa sorte no desfralde, que acreditem, passa! 😀