oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 7 anos, e vinícius, de 1 ano. seja bem-vindo! Leia mais



Você está vendo os artigos na categoria “Livros”
14 ago 2017

O Fantástico Arroz de Filomena

Escrito por
Contos de Fada, Destaques, Divertidos, Livros, Novidades e Lançamentos

As pessoas daquela cidade não gostavam de Filomena. É que ela era um tanto feia, corcunda e vivia com as roupas e os cabelos desgrenhados. Pronto, isso era suficiente para que o povo cochichasse maldades toda vez que a viam. Mas a verdade é que ninguém a conhecia de fato, e mal podiam imaginar que Filomena era uma excelente cozinheira. Bolinho de bacalhau, torta de damasco, cogumelos grelhados eram com ela: os melhores, os mais apetitosos que existiam!

Toda vez que cozinhava, o cheiro de suas comidas se espalhava pela floresta (ela morava distante, sozinha) e atraía os seres mais fantásticos que existiam. Sacis, ninfas, lobisomens e até trolls tinham seus pratos preferidos! Só um prato atraía todos juntos: seu fantástico arroz. Um dia um caçador da cidade se perdeu pela mata e também foi atraído pelo aroma do prato. Hipnotizado, foi parar na casa de Filomena, mas não conseguiu entrar – quem disse que os famintos trolls deixaram? Lá de longe, da porta, espiou os pequenos olhinhos da cozinheira – o que bastou para reconhecê-la no dia seguinte, em plena feira. Na mesma feira onde todos zombavam e riam dela.

E aí…bem, aí que já falei demais da conta e é melhor parar por aqui. Esse livro delicioso (de dar água na boca mesmo!) chegou dia desses, novidade da Aletria, e foi amor à primeira vista. A história é envolvente, redondinha, com um final pra lá de divertido – e foi escrito a quatro mãos, por pai e filha! Já as ilustrações, minha gente, impressionantes – os desenhos fortes e coloridos da argentina Rebeca Luciani só engrandecem a narrativa, é bonito de ver. Só uma coisa: sabe aquela história de não ir ao mercado com fome? Vale para o livro. Garanta uma boa refeição antes dele, ou, como eu, vai terminar sonhando com lasanha de queijo de cabra! Ai que fome! <3

***


8 ago 2017

Jacaré, Não!, de Antonio Prata

Escrito por
Divertidos, Fases e momentos especiais, Leitura com Bebês, Livros, Para dar risada

Jacaré, sim senhor!

Livro imperdível pra curtir com a criançada pequenininha (alô bebês!) é esse: “Jacaré, Não!”, do Antonio Prata. É de arrancar gargalhadas, pra ler fazendo bagunça – e esperar por muitos e muitos de “de novo, de novo!”.

Conta a história da Luiza e do Jacaré, mas logo no inicio uma nota já avisa: a história pode ser de qualquer criança, é só mudar o nome e partir pra leitura. Aqui em casa é do Francisco e principalmente do Vinícius 1 ano), que observa enlouquecido as cores vibrantes (psicodélicas, incríveis!) das ilustrações de Talita Hoffmann e se diverte com a repetição do texto. O barato é justamente que ele traz o dia-a-dia da criança, a hora da comida, do banho…repentinamente quebrado pela presença inusitada de um simpático jacaré.

Cada virada de página é um convite à brincadeira, uma deliciosa maluquice! Não bastasse tudo isso, o projeto gráfico do livro também é diferente, original, com direito a sobrecapa-pôster e tudo – edição lindona da Ubu Editora. Já falei imperdível? Pois repito!

***


7 ago 2017

Um Domingo Na Cozinha, de Lycia Kattan

Escrito por
Divertidos, Livros, Para dar risada

Cozinha em Família!

Era um domingo de dia das mães quando surgiu na cozinha o enorme presente: S.A.N.D.R.O., a máquina mais moderna da atualidade, capaz de cozinhar tudo, absolutamente tudo sozinha! O presente era para a mãe, apesar da família toda estar interessadíssima no novo utensílio: ele garantiria mais tempo livre para a família, mais tempo para brincadeiras.

Problema é que a máquina ultra-mega-master moderna até cozinhava num instante, tá certo, mas a comida tinha um gosto…horroroso. A turma até chegou a procurar assistência (o pão de queijo tinha gosto de pasta de dente, socorro!), mas não demorou muito pra sacar que menos trabalho, só com todo mundo trabalhando junto. E que qualquer prato fica muito mais gostoso quando feito em família – afinal, cozinhar também é tempo junto, também é brincar!

Sabe o que a gente mais curtiu no livro? As receitas do final! São cinco, todas receitas para se fazer assim, junto, em clima de brincadeira. Tem tarefas para os pais, tem tarefas para os filhos – e é cada prato delícia! As ilustrações de Daniel Kondo também são divertidas – e a edição, da Companhia das Letrinhas, um capricho só.

***