Petit, O Monstro – de Isol

Petit é um menino como qualquer outro – como o Francisco, como seu melhor amigo, como o filho da vizinha. É um garoto muito bom – gosta de brincar com seu cachorro, é bom em língua portuguesa, cuida bem de seus brinquedos. Mas também é um garoto muito mau – puxa os cabelos das meninas, é ruim em matemática, não gosta de emprestar seus brinquedos.

A verdade, é que Petit não sabe se é bom ou se é mau, e isso o deixa intrigado. Sua mãe pergunta como pode um menino tão bom fazer coisas tão ruins às vezes – mas a verdade é que Petit não sabe responder. O bacana desse divertido livro da artista argentina Isol, lançado recentemente pela Mov Palavras, é justamente isso: não há bom, não há mau, porque simplesmente não é assim que as coisas funcionam – e Petit vai se dando conta disso com suas próprias ações, se questionando o tempo todo.

IMG_2663

“Petit, O Monstro” foi o livro do mês de fevereiro do Clube de Leitores A Taba, e foi sucesso total aqui em casa.  Mas cá entre nós, eu não sei o que é que deixa o Francisco mais feliz: se é o livro que chega todo mês ou o mapa de exploração que sempre o acompanha. Foi através do mapa, aliás, que redobramos a atenção às ilustrações incríveis do livro: num primeiro olhar, parecem simples, mas é só observar um pouquinho e…surpresas aparecem! É que enquanto Petit faz suas peripécias e boas ações, sombras diferentes surgem nele – é divertido notar o que vai mudando!

Processed with VSCOcam with a3 preset

***

 

Vamos conversar?