O Carteiro Chegou + O Natal do Carteiro: bisbilhotando as cartas dos outros

No último domingo teve uma reportagem bacana no Fantástico sobre literatura infantil – parte da série “O Mundo Secreto dos Bebês”, que semanalmente mostra diferentes etapas do desenvolvimento das crianças, o assunto desse capítulo era a importância de contar histórias para os pequenos. Na reportagem, um dado legal: se na hora de dormir, os pais contarem uma história aos filhos pelo menos duas vezes por semana, a criança vai conhecer mais de 500 contos até os 5 anos. A matéria completa, pra quem não viu, está disponível aqui no G1 – vale assistir!

ocarteiro01

deu no fantástico: “o carteiro chegou”

Um dos livros que aparece diversas vezes na reportagem é um que a gente curte bastante, e que hoje eu mostro aqui pra vocês: O Carteiro Chegou é daqueles livros bem diferentes, interativos e muito divertidos. Na história, um carteiro percorre a cidade entregando cartas de remetentes muito especiais para destinatários tão especiais quanto: é a família dos ursos recebendo carta de desculpas da Cachinhos Dourados, o Lobo Mau recebendo carta de despejo do advogado da Chapeuzinho Vermelho (essa é a minha preferida), o Gigante recebendo cartão postal do Joãozinho.

A parte mais divertida desse livro é que as cartas vêm todas dentro dele – a cada página, um envelope carrega uma carta, dobradinha (atenção pra não perder nenhuma!), pronta para ser lida e bisbilhotada. Algumas são escritas à mão, outras datilografadas – mas cada uma no seu jeito, ao estilo do remetente. Tem até catálogo de produtos para “a bruxa moderna” – parte preferida do Francisco, o catálogo rende boas gargalhadas: tem sapo em pó, jogo de caldeirões, botina feiticeira, abajures de luz sinistra. O livro é todo em rima, delicioso de ler – o carteiro vai passeando, tomando um chá em cada casa (recusando alguns, como o da bruxa ou o do lobo mau), e nós aqui só acompanhando, lendo a correspondência alheia.

ocarteiro02

cartão postal de joãozinho para o gigante

ocarteiro03

carta de despejo para o lobo: fora da casa da vovó já!

O livro tem uma espécie de continuação, que se passa no Natal – esse o Francisco curte ainda mais (foi ele quem me disse, ontem à noite, quando eu separava os livros para fotografar). Em O Natal do Carteiro, ele corre para entregar cartas e desejos de Feliz Natal – o livro aqui é um pouco menor, mas as cartas e os presentes não. Dentro de cada envelope-página, como no primeiro, uma supresa diferente: Chapeuzinho recebe um mini-jogo de tabuleiro do Lobo Mau (que agora, diz ele, é Lobo Bom); Humpty Dumpty recebe um quebra-cabeça (tudo dá pra brincar de verdade); o Homem-Biscoito recebe um pequeno livro. Até o carteiro, dessa vez, ganha presente: um bonitinho cartão sanfonado.

ocarteiro05

a versão natalina do livro

ocarteiro04

a última carta é para o carteiro 🙂

Ambos os livros são obra do casal britânico Janet e Allan Ahlberg. O Carteiro Chegou (no original, The Jolly Postman) foi lançado pela primeira vez na Inglaterra no ano de 1986 – depois disso, em 91 saiu O Natal do Carteiro (The Jolly Christmas Postman). Janet faleceu em 94, mas Allan segue escrevendo livros infantis. No Brasil, os dois livros foram publicados pela Companhia das Letrinhas. Por serem livros diferentes e cheios de detalhes, costumam ser mais caros – na faixa de 4o reais cada um. Mas peraí que tem boa notícia: O Carteiro Chegou está em promoção na loja online da Fnac por quase metade do preço. O mesmo com O Natal do Carteiro: está saindo por 23 reais por lá. Em lojas como Casas Bahia e Ponto Frio também dá para encontrar o livro por um preço camarada: 22 reais.

***

O Carteiro Chegou 

Texto: Allan Alhberg

Ilustração: Janet Ahlberg

Editora: Companhia das Letrinhas, 2012 (4a reimpressão)

O Natal do Carteiro

Texto: Allan Alhberg

Ilustração: Janet Ahlberg

Editora: Companhia das Letrinhas, 2012 

1 comentário

  1. Aldecir Souza de Medeiros comentou:

    Livros instrutivos para a criança. Conta as histórias de uma maneira divertida.

Vamos conversar?