oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 7 anos, e vinícius, de 1 ano. seja bem-vindo! Leia mais



7 ago 2017

Um Domingo Na Cozinha, de Lycia Kattan

Escrito por
Divertidos, Livros, Para dar risada

Cozinha em Família!

Era um domingo de dia das mães quando surgiu na cozinha o enorme presente: S.A.N.D.R.O., a máquina mais moderna da atualidade, capaz de cozinhar tudo, absolutamente tudo sozinha! O presente era para a mãe, apesar da família toda estar interessadíssima no novo utensílio: ele garantiria mais tempo livre para a família, mais tempo para brincadeiras.

Problema é que a máquina ultra-mega-master moderna até cozinhava num instante, tá certo, mas a comida tinha um gosto…horroroso. A turma até chegou a procurar assistência (o pão de queijo tinha gosto de pasta de dente, socorro!), mas não demorou muito pra sacar que menos trabalho, só com todo mundo trabalhando junto. E que qualquer prato fica muito mais gostoso quando feito em família – afinal, cozinhar também é tempo junto, também é brincar!

Sabe o que a gente mais curtiu no livro? As receitas do final! São cinco, todas receitas para se fazer assim, junto, em clima de brincadeira. Tem tarefas para os pais, tem tarefas para os filhos – e é cada prato delícia! As ilustrações de Daniel Kondo também são divertidas – e a edição, da Companhia das Letrinhas, um capricho só.

***


4 ago 2017

Até Os Deuses Amam Futebol, de Heinz Janisch

Escrito por
Divertidos, Livros

Futebol e As Origens do Universo

Dia desses o Fran foi convidado para o aniversário de um colega do futebol. Aí surgiu a dúvida: o que dar de presente? Eu sou a tia que dá livros, não adianta. Se aprendi a escolher livros divertidos para meus filhos, aprendi a escolher para seus amigos e colegas também – e adoro fazer isso! Mas eu pouco conhecia o aniversariante – na verdade, só sabia disso, que ele curtia futebol. Então lá fui eu garimpar livros sobre o assunto – e gente, tem cada livro bacana! Eu nem podia imaginar.

“Até Os Deuses Amam Futebol” é um deles – a gente já tinha emprestado da Biblioteca Pública há algum tempo, e eu até já havia falado dele no instagram. Conta a história que os deuses, há muito tempo, adoravam bater uma bolinha. E sempre jogavam todos, o Deus dos Desvios, o Deus da Decisão, a Deusa da Impaciência (que batia um bolão) e até o Deus dos Vôos, que convenhamos, com esse nome só podia ser um excelente goleiro. Problema é que como os humanos, entre os deuses também tinham aqueles que não sabiam brincar – e esse era bem o Deus de Todos Os Deuses.

Um dia, cheio de raiva depois de perder uma partida, chutou uma bola azul tão forte, mas tão forte, que ela foi parar lááá no alto, no infinito. Essa bola começou a se transformar, terra e água surgiram…e adivinha o que surgiu dali? Divertido, diferente e especialmente legal pra criançada que pira em futebol, “Até Os Deuses Amam Futebol” é publicação da Editora Biruta.

***


2 ago 2017

Te Amo Mais Que Sal, de Luciano Saracino

Escrito por
Clássicos, Contos de Fada, Livros

Título lindo, história supreendente!

É, eu confesso: sou das que compra livros pelo título. Esse foi irresistível: “Te Amo Mais Que Sal”, que nome mais lindo! É que conta a lenda que um antigo rei um dia havia perguntado às três filhas o quanto elas o amavam. A primeira logo respondeu que o amava mais que a vida, a segunda amava-o mais que seu próprio coração.

A resposta da mais nova, no entanto, o abalou: ela lhe disse que o amava mais “que o sal e a água”. Enfurecido, sem entender o que aquilo poderia significar, o rei expulsa a filha do castelo – e a princesa vai morar na floresta, que no final das contas, não era tão ruim quanto parecia.

É lá que ela encontra um príncipe que carregava sempre consigo algo inusitado: um punhado (ou dois) de sal. Para a comida que ela fazia naquela hora, em meio ao bosque, era justo o que faltava. Os dois viram bons amigos, depois se casam…e é no banquete da cerimônia que um convidado em especial tem uma bela supresa.

Mas eu paro é por aqui, porque esse é daqueles livros para serem descobertos, saboreados. Uma história linda de amor, sabores e comidas, reconto de um antigo relato armênio de tradição oral – a edição é inclusive bilíngue! Surpreendente, delicioso como o título! Da Sesi-SP Editora.

***