Emocionario – Dime Lo Que Sientes

ABC das Emoções

“Emocionario” é nada mais do que um lindo dicionário de emoções. Traz textos acessíveis e bastante lúdicos que explicam às crianças algumas das emoções que sentimos: compaixão, remorso, vergonha, entusiasmo, decepção. Cada sentimento é ilustrado por um artista diferente – e é interessante reparar como alguns dos desenhos percorrem grandemente as emoções, outros nem tanto (embaixo, alguns dos preferidos ❤️).
 

 O bacana é que os textos funcionam sozinhos, mas também se comunicam uns com os outros. Assim: você pode de fato pesquisar por um sentimento e parar por ali, ou então pode seguir a leitura e ir entendendo como uma emoção costuma levar à outra, como funcionam. Por exemplo: um remorso de algo ruim que fizemos pode levar à sensação de culpa, que por sua vez, causa vergonha, que quando percebida, pode gerar insegurança…e assim segue!

Um livro super importante para ensinar as crianças a identificar e diferenciar suas emoções, ainda sem tradução para o português (mas bem que podia, né?). Esse exemplar veio do México com a gente, lá no início do ano – mas é fácil de encontrá-lo assim, em espanhol, no site da Amazon Brasil. 😉

***

Good Dog, Carl, de Alexandra Day

A História de um Cão-Babá

A gente tem dois gatos em casa, mas o Vini ama mesmo é cachorro. Quer dizer, ele adora o Tomilho e a Fulana, mas se vê um cachorro na rua, ai-meu-deus! Grita, acena, aponta – não passa despercebido por nada! Ultimamente tenho lido muito esse livrinho com ele, outro resgatado da nossa arrumação – também era do Fran quando bebê. É um livro-imagem, clássico americano, publicado pela primeira vez em 1985. Na história, a mãe sai e deixa o cachorro encarregado do bebê.

Aí começam as aventuras: o rottweiler (sim, é um cachorrão!) ajuda gentilmente o bebê a sair do berço e os dois brincam juntos. Remexem nos acessórios da mãe, dançam na sala, atacam a geladeira da cozinha – depois, todo carinhoso, o cachorro Carl ajeita casa e bebê e o devolve ao berço. Quando a mãe chega…está tudo na santa paz, é claro! As ilustrações são pinturas a óleo, e é lindo observar as expressões do cão e do bebê com tantos detalhes. Um livro gostoso demais para se curtir com os pequenininhos, sucesso absoluto com o bebê Vinícius!

***

Salvar

Um Coelho, de Anabella López

Para Sonhar Longe

É, sou mais uma apaixonada pelas novas edições da Aletria: quanto capricho, quanta beleza! “Um Coelho” chegou por aqui fazendo a gente sonhar acordado: mergulhando nas ilustrações coloridíssimas, na história linda desse coelho sonhador. Naquela quinta-feira não havia chovido, e talvez por isso mesmo o coelho não despertou de seu sono. O mundo seguia ocupado, mas ele ali só sonhava.

“Sonhou o violão e seu compasso. Abraçou o vento e também o mar” – sentia o mundo enorme dentro de seus sonhos. Ninguém o entendia, queriam logo acordá-lo, mas o coelho pouco se importava – continuava a sonhar, a tal ponto que já não sabia se era ele quem sonhava com outros mundos ou se eram outros mundos que sonhavam com ele. Uma história para fazer sonhar, filosofar, ir muito longe – e ficar por lá! Escrito e ilustrado por Anabella Lopez (são dela também o “A Força da Palmeira” e “Outros Mundos”, dois livros que amamos!) “O Coelho” é uma obra inesquecível sobre sonhos e liberdade. Lindo!

***