oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 7 anos, e vinícius, de 1 ano. seja bem-vindo! Leia mais



20 maio 2015

6 livros infantis (e infantojuvenis) para celebrar a diversidade

Escrito por
Livros

Deixa eu contar: eu tava pra fazer um especial sobre o Ziraldo, faz tempo – livros escolhidos, separados, lidos e relidos, o escritor e ilustrador vai lá e me faz uma declaração polêmica como a última. Aí eu pensei: quer saber? O especial do Ziraldo vai rolar, mas outra hora – tem coisa mais importante pra gente conversar agora, já. E aproveitando o gancho do último domingo, dia 17 de maio, dia internacional contra a homofobia, escolhi 6 livros para celebrar a diversidade.

Tem livro que mostra todos os tipos de família; tem livro para brincar e conversar sobre igualdade; tem livro para as crianças mais velhas e adolescentes. E dessa vez também tem vídeo, lá no canal do youtube do blog. Corre ver:

1. CADA FAMÍLIA É DE UM JEITO  

Já falei desse livro por aqui, e gosto demais dele – é um livro despretensioso, que ganha a gente pela simplicidade. Em rimas e muito colorido, ele vai mostrando todos os tipos de família que existem por aí:

“Família, não tem duas iguais.

Tem família com duas mães e famílias com dois pais.

Tem família com um pai e uma mãe que não se entendem como parentes.

Nesse caso eles moram em casas diferentes.

E por aí vai…tem família só com mãe ou só com pai.”

“Cada família é de um Jeito” fala das famílias, mas fala também dos indivíduos dentre dela – aí tem gente careca, de cabelão, grande como um avião. Um livro divertido e muito gostoso de ler com as crianças pequenas. Escrito e ilustrado por Aline Abreu, da editora DCL.

CADAFAMILIA

CADAFAMILIA02

2. THE FAMILY BOOK

Outra livro que os pequenos curtem demais é esse, “O Livro da Família”, em português – esse e todos os outros do Todd Parr, aliás. Ele faz essas ilustrações hiper coloridas, bem descontraídas e com textos curtos e de linha grossa misturados aos desenhos, a criançada reconhece de longe! Seus livros também têm outra marca registrada: sempre celebram as diferenças. Nesse aqui Todd Parr apresenta as mais diferentes famílias – família grande, pequena, de cores diferentes, que não se parecem, que têm dois pais, duas mães, ou apenas um deles. É leve e divertida a forma como ele trata de todo e qualquer assunto, e seus livros são gostosos de ler. O nosso é em inglês, da LB Kids (como seus textos são curtinhos e simples, dá pra ler fácil na língua original e de quebra aprender vocabulário!), mas a versão em português saiu no Brasil pela Panda Books.

FAMILYBOOK

FAMILY02

3. O MEU VIZINHO É UM CÃO

Esse já passou por aqui algumas vezes – é de longe um dos livros que mais lemos e relemos aqui em casa, um dos preferidos do Francisco e meus também. Em “O Meu Vizinho é um Cão”, Isabel Minhós Martins transmite a importância de se respeitar os outros, seja quais forem nossas diferenças, através de uma história muito divertida: num prédio onde moram os vizinhos mais diferentes, uma menina curiosa observa e nos conta sobre cada um deles. Tem um cão solitário que toca saxofone na varanda; uma dupla de elefantes que estende grandes lençóis no quintal;  um crocodilo misterioso – mas a pequena da história gosta de todos eles, brinca com todos. Mesmo com o olhar muito torto dos seus pais. Um livro lindo, com ilustrações cheias de ação e detalhes, escrito por Isabel Minhós Martins e ilustrado por Madalena Matoso. O nosso é a edição portuguesa, da Planeta Tangerina. Mas tem edição no Brasil sem senhor – aqui se chama “Meu Vizinho é Um Cão” (sem o “O”) e saiu pela Cosac-Naify. Essencial!

MEUVIZINHO

MEUVIZINHO02

4. TODOS FAZEMOS TUDO

Outro livro que eu e o Francisco gostamos demais! Em Todos Fazemos Tudo não há texto algum, apenas imagens. As páginas são divididas em dois: na parte de cima, a identidade da pessoa. Homem, mulher, jovem, senhor, negro, loiro, com chapéu ou de bigode – abaixo, a atividade que está fazendo. Aí tem de tudo: dirigindo um trator, jogando bola, cozinhando, andando de snowboard. A brincadeira é essa: folhear o livro e criar situações diversas, inventar mil histórias possíveis. Aqui todo mundo é igual e todos podem tudo – como deveria ser na vida, oras! As ilustrações de Madalena Matoso são divertidas demais, com detalhes a serem observados um a um (o Francisco adora!) e muita cor. Outro livro da editora portuguesa Planeta Tangerina – no Brasil ainda não há edição. 🙁

TODOSFAZEMOS

TODOSFAZEMOS02

5. JAMILY, A HOLANDESA NEGRA

Conheci esse livro na Biblioteca Pública do Paraná – e achei tão bacana! Foi escrito por Alyson Reis, que na época tinha 13 anos. Alyson foi adotado depois de passar por sete abrigos diferentes no Rio de Janeiro, e hoje mora aqui em Curitiba com seus dois pais, David e Toni. A história que ele escreveu é inspirada na sua, bonita e cheia de esperança. Mas aqui é Jamily, uma menina negra, adotada por um casal gay holandês – sua vida quando pequenina ainda, faminta e abandonada, e depois acolhida e muito bem cuidada. Livro de fácil leitura e com uma mensagem muito, mas muito legal – família é quem cria, dá educação, carinho e limites e incentiva a responsabilidade e a autonomia. É assim que nos ensina o próprio Alyson. Da editora Appris.

JAMILY

JAMILY02

6. A HISTÓRIA DE JÚLIA E SUA SOMBRA DE MENINO

O último livro da lista eu conheci através da Revista Emília. Na história, conhecemos a menina Júlia: ela anda com o cabelo bagunçado, a roupa rasgada, gosta de aprontar algumas. É seu jeito de ser, como se sente feliz. Mas seus pais não se conformam – vivem dizendo que ela se parece um menino. Um belo dia, a sombra de Júlia começa a se transformar, e vira a sombra de um menino. O Francisco torceu o nariz para o livro – ficou até com um pouco de medo das ilustrações um tanto quanto sombrias. É verdade, é para crianças mais velhas e adolescentes – um livro precioso pra essa turma, aliás! Livro bonito demais, com jeitão de quadrinho, versos, diálogos, conflitos. Para ler, admirar, pensar e conversar muito. Um clássico da literatura francesa, saiu aqui no Brasil pela Editora Scipione.

JULIA

JULIA02

***


20 dez 2013

tito, o gato

Escrito por
Livros

Eu não sei se é a época – final de ano, Natal, essas coisas, todo mundo fica meio emotivo, não fica? Eu fico, admito. No domingo quase morri de chorar vendo as crianças do Coral Curumim no Guaíra, cantando no espetáculo da Orquestra Sinfônica do Paraná. Francisco não entendeu nada, tadinho – mas acho que, sinceramente, já sacou que a mãe é manteiga derretida mesmo. Lendo esse livro aqui foi a mesma coisa: na primeira vez, sentada com o Francisco no sofá lendo a historinha do gato Tito, me emocionei de verdade.

IMG_7619MODIF

O livro é conta historinha real: o autor, Gustavo Vazquez Ramos, de fato é tutor do gatinho Tito, com quem convive há 10 anos. Tito era o gatinho mais fraco de sua ninhada – ninguém esperava que vivesse muito tempo, era quase sempre deixado de lado. Foi Gustavo quem o resgatou – e dali surgiu essa amizade bonita. Gustavo cuidou de Tito, que sempre precisou de atenção especial, e Tito também esteve ao lado de Gustavo quando o autor mais precisou:

“O tempo que se seguiu foi marcado por um homem reconstruindo sua vida com a ajuda do gato, a todo instante ao seu lado. Apesar das diferenças entre um humano e um felino, naqueles momentos era evidente o que acontecia, o que sempre aconteceu entre ambos: dois espíritos se amparando e completando.”

 

IMG_7621MODIF

Comprei nossa cópia na Navegadores – o livro havia sido lançado na livraria no final de setembro desse ano, e fiquei curiosa justamente por ser daqui de Curitiba. Pois foi só começar a folhear o livro que já vi que seria legal ler com o Francisco, que era de gente que como nós, que curte e protege os bichos. Foi uma uma boa surpresa – o Francisco curtiu, eu me emocionei. O gatinho Tito é mesmo fofo – tanto nas ilustrações em aquarela de Heloísa Pitarelli como na vida real: dá só uma olhadinha aqui na página do Facebook do Tito e aproveita pra seguir e saber as novidades dele.

IMG_7627MODIF

O preço: 25 reais, à venda na Navegadores e também nas Livrarias Curitiba.