oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 7 anos, e vinícius, de 1 ano. seja bem-vindo! Leia mais



5 set 2013

Sneaky Sam

Escrito por
Apps e livros digitais

Olha, admito que ainda não me acostumei mesmo com essa coisa de tablet. Acho sensacional, mas sei não, ainda me bato pra umas besteiras. Mas tenho achado muito aplicativo legal, especialmente coisas para crianças – e apesar de meio devagar, cada vez vou me habituando mais ao mundo dos tablets. O Francisco adora (com moderação, claro, minha gente) – desde os quebra-cabeças até claro, os livros digitais. E olha, tem um mais bacana que o outro. Esse aqui eu vi indicação na página do facebook da E-Stilingue (que faz o Dragoberto, livro digital do qual já falei por aqui):

IMG_7116

Sneaky Sam conta a história de um garotinho que gosta de aprontar. A tradução de sneaky é ‘sorrateiro’ – sabe, aquele garoto malandro? Então, o Sam é assim. Ele se esconde no armário, troca seu desenho na escola com o amigo Cooper, coloca uma aranha de brinquedo na lancheira na amiga Harriet (sacanagem), entre outras travessuras.

É em inglês – e aliás, um inglês lindo, britânico (adoro o sotaque!). As ilustrações são muito bonitas, da australiana Binny – com três cores principais: amarelo, vermelho e azul. E cheia de detalhes – essa é a parte mais legal, enquanto a gente vai lendo, dá para tocar em objetos na tela e ter algumas surpresas. A porta do armário que abre, a luz acende e apaga, as flores se mexem.

IMG_7127

E não é só isso: o aplicativo também traz três joguinhos, todos com as ilustrações do livro. Um de adesivos, que dá pra colar na tela e salvar, um de memória e o preferido do Francisco, que é o de procurar o Sam nos lugares mais escondidos. É divertido. No site do aplicativo dá pra baixar os adesivos e outras coisinhas divertidas, vale dar uma olhada. Ah, está disponível para iPad e iPhone, e custa U$ 2,99.

IMG_7132

 


29 abr 2013

Estrambólicos

Escrito por
Livros

Semana passada eu falei de um dos livros mais legais que eu e o Francisco já vimos por aí: o De Caras. Esse aqui, Estrambólicos, segue o mesmo estilo. Também é da PatoLógico, editora portuguesa, e da mesma dupla de autor e ilustrador (pai e filho!), José Jorge Letria e André Letria.

IMG_5908

Cada página do livro é dividida em três, que juntas, formam monstros diferentes. Do lado direito, o monstro – do lado esquerdo, um poeminha com a historinha dele. Dá pra montar diversas variações: exatamente 4.096 possibilidades.

IMG_5932

(Francisco curtindo um monstro-mosca)

A gente escolheu junto, eu e o Francisco, o nosso monsto preferido ora mostrar pra vocês. Foi esse:

MOSTÓNIO

Com olhos

assim tão salientes

ninguém repara

nos seus dentes.

Tem estranhos braços

de abraçar a Lua

e gosta muito de andar

aos saltinhos pela rua.

Este estranho estrambólico

não vem nos manuais

de zoologia,

mas talvez lá apareça

qualquer dia.

IMG_5919

(Mostónio)

Outro pelo qual eu tenho um certo carinho é esse aqui, o Viscôsio. Olha a historinha dele:

VISCÔSIO

Nasceu assim,

escorradio,

nas ervas da margem

de um grande rio.

O seu sonho era ter

asas para poder voar

por cima dos lagos

ao luar.

Tem o hábito raro

e esquisito

de querer namorar

com o infinito.

IMG_5916

(Viscôsio – acho tão bonitinho ele querer namorar com o infinito!)

Dá pra passar horas facinho montando os montros e descobrindo suas biografias. Tem monstro que parece peixe, que parece sapo, mosca, o monstro do Michelin, monstro que parece árvore. Monstro estrambólico pra tudo que é gosto.

Uma coisa: apesar de ser pra brincar, o livro é bem delicado e as ‘frações’ de página de descolam fácil do espiral. Vale ter um cuidado especial na hora de montar os bichos, pra que nenhum pé, tronco ou cabeça se perca por aí.

Ah sim: o livro é de Portugal – pelas bandas de lá, dá pra encontrar na faixa de 15 euros. O nosso eu comprei na Navegadores, aqui em Curitiba. Custou 50 reais.

***

Livro: Estrambólicos

Texto: José Jorge Letria

Ilustrações: André Letria

Editora: PatoLógico

 


17 abr 2013

De Caras

Escrito por
Livros

Um dia, passeando com o Francisco perto da Praça da Espanha, aqui em Curitiba, entramos para conhecer uma livraria infantil que tinha recém-aberto (e que agora já está completando um ano, vejam só!): Navegadores. A coisa foi meio por acaso, e tivemos uma bela surpresa. O espaço é sensacional, perfeito para as crianças, com almofadões, poltronas, mesinhas, e claro, muitos livros, um mais legal que o outro – desses, muitos portugueses.

Acabamos virando cliente fiéis – volta e meia vamos lá em busca de novos títulos. Mas o primeirão que compramos lá, hoje um dos nossos preferidos, foi esse, o De Caras:

IMG_5725

É um livro bem diferente, formado por tiras que formam personagens distintos conforme são viradas. Cada página é dividida em três dessas tiras, com olhos, narizes e bocas completamente diferentes: são 4096 possibilidades de rostos, no total. Há os carecas, cabeludos, crespos, lisos, tristes, alegres, monocelhas, narigudos, com barba, sem barba, de camisa ou regata.

IMG_5728

Cada olho/nariz/boca traz um e uma pequena biografia, todas muito divertidas.

Com muito, mais muito esforço escolhi minhas três preferidas (o Francisco ajudou):

ANATÓLIO

Nasceu com uma estranha alergia. Sempre que come arroz, fica com os olhos rasgados como os dos orientais. Se come massa, começa a falar italiano. Se não come nada, começa a chorar em português.

 

CONSTANTINO

Um dia encontrou num livro uma personagem com um nome igual ao seu e pensou que só podia ser mesmo ele. Assim, transformou-se em personagem, com outros modos e outras falas. E acreditou na mudança.

 

ZEFERINO

Começou como nadador-salvador* numa praia de muito movimento nos meses de Verão. Um dia, em vez de um turista salvou uma alforreca**. Mesmo assim, foi muito aplaudido pela família das alforrecas.

 

(*adoro essas diferenças do português de Portugal e do nosso: nadador-salvador é salva-vidas, lógico – mas sabe o que são alforrecas? Águas-vivas!)

IMG_5729

Acho sensacionais os textinhos, bem em estilo português – e o Francisco, o Francisco se diverte mesmo é montando as caras, escolhendo com quem elas se parecem e repetindo os nomes divertidos.

A Pato Lógico Edições, editora portuguesa, tem outros livros bem legais. Vale olhar no site, dá vontade de ter todos. Consegui, lá mesmo na Navegadores, o Estrambólicos (que é no mesmo estilo desse De Caras) e o Se eu fosse um livro – logo conto deles pra vocês.

Não são baratos: o De Caras custa 50 reais. Acredito que dê pra comprar online também, diretamente de Portugal, via Wook. Mas o livro sai 14,50 euros + frete, ou seja, acaba saindo a mesma coisa.

***

Livro: De Caras

Autor: José Jorge Letria

Ilustrador: André Letria

Editora: Pato Lógico