oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 7 anos, e vinícius, de 1 ano. seja bem-vindo! Leia mais



4 nov 2015

Especial Hora de Dormir: Nossos Livrinhos de Boa Noite Preferidos

Escrito por
Destaques, Fases e momentos especiais, Hora de Dormir, Listas de Livros, Livros

Não adianta, é consenso: a hora de dormir é a melhor hora para ler histórias. É aquela hora em que a gente se desconecta dos celulares, computadores e afins – ou pelo menos deveria! – e se rende às boas histórias, nos bons e velhos livros. Em casa nós temos um combinado: são três livrinhos em média por noite – mas dependendo do tamanho dos livros e da disposição, podem virar dois ou um só. E quando são um só, geralmente é porque o cansaço tá grande e a historinha vem só pra embalar o sono – nessas horas, temos nossos preferidos: livrinhos de boa noite. São livrinhos cujas histórias giram em torno do ritual do sono, da hora de dormir, e que são, vamos dizer assim, a cerejinha do bolo na hora do boa noite.

1.CUIDE DO MEU SONINHO

Ai, se esse livro falasse…ele ia contar que olha, a hora de dormir nunca foi fácil aqui em casa, nem nunca será, obrigada. Eu nunca fui de dormir cedo e o Francisco não é diferente – e olha, eu tentei, minha gente! Rotina, banho, massagem, óleo, simpatia, chazinho – mas foi o ritual da leitura noturna o que mais ajudou. Esse livro foi um dos primeiros que lemos na vidinha do Fran, desde que ele era muito bebezinho – e é por isso que tenho um carinho tão grande por ele. Não tem uma história incrível, nem uma edição caprichada, nem nada disso – mas tem um garotinho de pijama listrado que o Francisco jurava que era ele quando tinha 2 anos de idade e uma rotininha da hora do sono que muita criança vai indetificar. Aliás, é assim o livro: apenas a rotininha do sono, e é por isso que ele funciona tão bem. O copinho d’água, o travesseiro sendo ajeitado, o xixi pra garantir e pronto, o beijinho da hora de dormir. Um livro bem bacana para os pequeninos, na faixa de 1 ou 2 anos. Da editora Fundamento.

cuide-do-meu-soninho-01

cuide-do-meu-soninho-02

2. ASSIM COMO VOCÊ

Esse foi o Francisco quem me lembrou que deveria fazer parte da lista: “é que todo mundo dorme no final, mãe, lembra?” – e opa, lembrei. Tá aqui, outro livro bem legal para ler com os mais pequenos: a comparação e a brincadeira é com os bichos, e qual criança não ama bichos? O autor (Guido Van Genechten, o mesmo do “O que tem dentro da sua fralda”?) convida a gente a reparar no quanto os animais se parecem conosco: comem quando sentem fome, amam a casa onde moram, gostam muito de brincar, correm fazer xixi quando precisam – assim como todos nós. E nessa sequência, a gente vai seguindo até a hora de fechar os olhos e adormecer – e o livro termina com o desejo de um bom sono. É, o Francisco tava certo, esse não podia faltar na lista não! Publicado pela Saber e Ler.

assim-como-voce-01

assim-como-voce-02

3. TODO MUNDO BOCEJA

Esse é outro livro especialmente bacana para os pequeninos – mas já alerto, pode dar uma vontade incontrolável de bocejar nos médios e grandes também. É que não há nada mais contagiante no universo do que bocejo, e a brincadeira aqui é justamente essa: fazer cada um dos bichinhos abrir o bocão de sono. O gato, a cobra, o guaxinim, a cobra – todos eles bocejam com nossa ajuda: é um livro de abas, para brincar mesmo. As ilustrações são fofas demais, muito coloridas, e chamam mesmo a atenção dos pequenos – e no final, lá está um bebê, também bocejando, como todos os bichinhos. A última página, tripla, traz a turma toda dormindo, feliz da vida. Pra curtir, ler e brincar, e de quebra embalar num belo soninho. Da Brinque-Book.

todo-mundo-boceja-01

todo-mundo-boceja-02

4. O LIVRO DAS BOAS-NOITES

Deixa eu contar: esse é meu preferido da listinha. E conto mais: me emociono de verdade várias das vezes que leio com o Francisco, porque é mesmo bonitinho demais. É daqueles livros que embalam a hora de dormir com amor e aconchego. As boas-noites são dadas através de poesia, com versinhos diferentes e cheios de ritmo: boa-noite pais, aos professores, às estrelas, aos imigrantes…

“aos vizinhos de outras terras

que falam de outra maneira

e que vieram à procura

de uma terra hospitaleira;

aos que chamamos estrangeiros

e na diferença são iguais

ao que somos e sentimos

quando somos fraternais.”

…e segue, aos meninos sem abrigo, à natureza, aos sonhos. Faz pensar um bocadinho, faz sim – e termina com uma mensagem cheia de esperança, daquelas que fazem bem ao coração (ali no vídeo eu leio um trechinho pra vocês!). Esse eu trouxe lá de Portugal, da Cabeçudos – a boa notícia é que dá para comprar online que eles também entregam no Brasil. 🙂

o-livro-das-boas-noites-01

o-livro-das-boas-noites-02

5. GOODNIGHT MOON

Esse é um clássico da hora de dormir – um clássico com uma cara muito da moderna! Foi escrito por Margaret Wise Brown em 1947 – e desde então, é um dos livros infantis mais vendidos nos Estados Unidos. A historinha é simples, aconchegante: um coelhinho aconchegado nas cobertas que vai dando boa-noite a cada objeto do seu quarto, aos brinquedos, às meias, à lua lá fora – a cadência da rima, quase um mantra (acho que li vezes demais pro Francisco nessa vida), vai embalando o sono. Mas são mesmo as ilustrações que chamam a atenção e que fazem desse livro algo tão diferente: tem muito verde, laranja, cores fluorescentes. Esse sim, um clássico indispensável na cabeceira. O nosso comprei via Amazon, mas no Brasil chama-se “Boa Noite, Lua” e foi publicado pela Martins Fontes.

goodnight-moon-01

goodnight-moon-02

EXTRAS – EM INGLÊS 

6. GOODNIGHT, GOODNIGHT, CONSTRUCTION SITE

Ah, já que terminei com um inglês ali em cima, deixa eu mostrar outros dois, também em inglês, que são especiais para a hora de dormir – esse aqui teve uma fase que socorro, era só ele. E vou te falar uma coisa: se você tem uma criança em casa na fase dos carrinhos-tratores-máquinas-e-afins, esse é o livro para ela. A brincadeira aqui é que assim, todo mundo tem que dormir e descansar uma hora, inclusive as máquinas – então lá vamos nós dando boa noite a batoneiras, escavadeiras e a canto de uma grande construção. Esse também tem edição em português, e por aqui saiu pela Caramelo com um nome bem divertido: “Parem de Cosntruir, É Hora de Dormir”. A molecada pira!

goodnight-goodnight-construction-site-01

goodnight-goodnight-construction-site-02

7. SLEEP LIKE A TIGER

E para fechar de vez a listinha, uma jóia, livrinho lindo e encantador: Sleep Like a Tiger. Esse tem absolutamente tudo a ver com a nossa situação por aqui, e acho que por isso o Fran gosta tanto: a garota (um princesa muito da linda!) da história não quer dormir, simplesmente. “Eu estou sem sono, não estou cansada” vai dizendo ela. Mas os pais a colocam na cama, no ritual de sempre, e ela começa as perguntas: “todo mundo tem mesmo que dormir?”. Os pais vão respondendo que sim, que cada bicho adormece – e vamos mergulhando nas ilustrações incríveis de Pamela Zagarenski: os morcegos, as baleiasos ursos e os tigres adormecem, majestosos. Como não poderia deixar de ser, a menina termina adormecendo, aconchegada e feliz. Esse aqui ainda não tem edição por aqui, só em inglês mesmo – mas vale demais! O nosso compramos via The Book Depository.

sleep-like-a-tiger-01

sleep-like-a-tiger-02

***

 

 


12 ago 2015

5 Dicas de Livros Interativos

Escrito por
Livros

Teve uma época que eu pensava em livros interativos e torcia o nariz – é que eu logo imaginava aqueles livros cheios de botões, barulhos chatos ou pop-ups que se desfazem nas primeiras leituras. Ou seja, pensava em qualquer coisa menos um livro de verdade. Aí fui conhecendo alguns livros diferentes – formatos variados, propostas de brincadeiras, mistérios a serem descobertos e apontados, e fui vendo o quanto o Francisco adorava esses livros. Ainda adora, cada um deles – e eu também, gente. Me lembram os Onde está Wally e os livros 3D (aqueles que tinha que grudar a cara na página e afastar aos poucos, difícil pra caramba!) lá da minha época, e eu me divirto junto. São livros que não servem tanto para a hora de dormir, mas para ler e brincar a qualquer hora do dia. Livros legais pra levar pra cima e pra baixo, pra carregar na mala de viagem, ler no carro, avião, no restaurante, em casa mesmo. Cinco dicas de livros bem especiais para ler e interagir. Bora?

1. (coleção) QUAL É DIFERENTE? 

Pera, esse é uma dica, mas são quatro os livros. É que fazem parte de uma coleção na qual a  brincadeira é descobrir, a cada página, qual é o animal diferente. Apontar qual deles está se comportando de outro jeito, ou vestindo algo específico, carregando algo, se escondendo. Aí é procurar os porcos decepcionados, o porco que usa relógio, a joaninha que não acompanha o ritmo das outras, aquela que está indo à praia, qual o polvo que está com um galo na cabeça. As ilustrações de Guido Van Genechten (é o mesmo ilustrador do “O que tem dentro de sua fralda?”) são muito coloridas, contraste divertido sobre páginas brancas ou pretas. São livros bem bacanas pra ler já com os mais pequenos, a partir de 1 ou 2 anos (mas ainda interessam, e muito, o Francisco – ele adora todos!). São resistentes, daqueles pra brincar, abrir e sujar sem medo, bem fáceis de limpar (na hora de levar o livro pra viagem ou o restaurante, descobri que às vezes vale pensar nisso também). São quatro: “Dentro e Fora“, “Feliz, Triste, Bravo“, “Grande e Pequeno” e “8, 9 e 10“, todos da editora Brinque-Book.

qual-é-diferente-brinque-book-01

qual-e-diferente-brinque-book-02

2. O LIVRO COM UM BURACO

Eu falei desse livro por aqui no final do ano passado – a gente recebeu ele no clube de leitores, e foi uma supresa. É que o livro vem com um…buraco. Foi uma festa, lógico, ainda mais quando a gente descobriu do que se tratava: um livro super interativo e repleto das brincadeiras mais diferentes. O buraco faz parte de um universo diferente a cada página virada – é o miolo de uma flor, o pedaço de uma cidade, uma cesta de basquete, a cabeça de um astronauta, um prato vazio. As brincadeiras ficam por nossa conta – aqui a gente rabiscou e pintou o livro, que também é sem cores. Ou seja, um convite à imaginação. Além do mais, o livro é daqueles grandões, que por aqui, a gente adora – acho uma ideia bem bacana para dar de presente, aliás. Não tem quem pegue o livro aqui em casa e não fique curioso, não há criança que não mergulhe imediatamente na brincadeira. Do artista francês Hervé Tullet, publicado pela Cosac-Naify.

o-livro-com-um-buraco-cosac-naify-01

o-livro-com-um-buraco-cosac-naify-02

3. APENAS UM É DIFERENTE

Outro livro que também já passou por aqui – esse é bem no estilo ali dos primeiros. O desafio aqui é apontar o animal diferente. A diferença é que esse é o livro mais “livro” de todos – tem sempre um textinho rimado e divertido que apresenta o desafio. Um flamingo com a perna levantada, um camarão perdido no meio de um cardume muito colorido, um macaco de braço enfaixado, um rinoceronte que muito andou, se cansou e deitou. As ilustrações são especialmente bonitas, da alemã Britta Teckentrup, e a edição, em capa dura e com uma textura bem diferente na capa, é um capricho só! Um dos livros que o Francisco mais curte brincar e mostrar pros amigos, outra dica de presente divertido para criança na faixa dos 4 anos. Publicado pela Brinque-Book.

apenas-um-e-diferente-brinque-book-01

apenas-um-e-diferente-brinque-bokk-02

4. NUMA TARDE QUENTE DE VERÃO

Esse livro foi escolha do Francisco, emprestado lá da Biblioteca Pública do Paraná. O que chamou a atenção dele foi o laranjão da capa, chamativa – então trouxemos pra casa para ler. Foi uma surpresa! O livro é interação pura, uma brincadeira só. Enquanto vamos folheando o livro, o autor e ilustrador Tino Freitas vai propondo a brincadeira: imaginar, por exemplo, um sorvete refrescante. Aí é tocar na página, apontar as cores, imaginar o sabor, virar e revirar o livro. As folhas são muito coloridas, com cores quentes, divertidas – como uma boa tarde de verão! Te contar que o Francisco a-do-rou, me fez ler e reler o livro e ainda me pediu que procurasse outros livros da coleção. Pra ler e brincar muito, da editora Callis.

numa-tarde-quente-de-verao-callis-01

numa-tarde-quente-de-verao-callis-02

5. O QUE HÁ

O último livro é um dos meus preferidos, e do Francisco também – já inclusive falei dele por aqui. Essa cópia aqui nós trouxemos lá de Portugal, edição linda da Planeta Tangerina, mas a boa notícia é que o livro já foi editado aqui no Brasil. A interação aqui é observar e apontar: o que há na bancada da cozinha, na bolsa da mãe, na sacola de praia da vovó, no bolso do casaco. Qualquer semelhança com a vida real não é mera coincidência, e a parte mais divertida da brincadeira é ver a bagunça e os objetos trocados ou esquecidos. As páginas interagem entre si – às vezes, um objeto que faltava em um lugar está em outro. No final, ainda há outras brincadeiras propostas, outros objetos a serem buscados e descobertas a serem feitas. Os textos são da Isabel Minhós Martins, e as ilustrações, divertidas demais, da Madalena Matoso. Livro bacana demais, um verdadeiro jogo! Ah, aqui no Brasil saiu pela Sesi-SP. 🙂

o-que-ha-planeta-tangerina-01

o-que-ha-planeta-tangerina-02

***


22 abr 2014

Eu

Escrito por
Livros

Janaina Tokitaka é artista plástica, mas desde 2005 ilustra e também escreve livros infantis. Já foi colaboradora da Folhinha, suplemento infantil da Folha de São Paulo, já ilustrou livros de terceiros e já criou seus próprios: “Eu”, esse que divido hoje com vocês, é o quarto publicado pela editora Brinque-Book.

IMG_8887

Livrinho muito bacana esse: com ilustrações com carinha de aquarela, ele fala sobre o mundo de faz-de-conta de uma criança. Através de objetos simples – com os óculos do vovô, uma chuteira ou até mesmo um cobertor – o narrador se vê como os mais diversos personagens. Tudo com rima e uma linguagem simples, deliciosa:

“Coloco os óculos do vovô e vejo o mundo inteirinho: a montanha mais imensa e o menor dos passarinhos.”

 

IMG_8870

“Leio os livros do papai e aprendo um pouco de tudo: sobre tratores, leões e planetas, magos barbudos e barrigudos”

 

IMG_8874

Na hora de dormir o pequeno termina:

“Visto meu pijama quando chega o fim do dia. É muito bom ser tudo isso, mas ser eu mesmo é uma alegria!”

 

IMG_8886

O livro faz parte do selo Brinque Book na Mochila: seu tamanho é um pouco reduzido e ele é mais resistente, cartonado. Pra levar junto mesmo e dividir a história com os colegas. Francisco vai fazer isso hoje, nossa cópia já está na mochila da escola. Pra saber mais sobre o livro e a autora, só clicar aqui.

***

Esse Papo Pá-Pum de 2012 do Garatujas Fantásticas com Janaína também é divertido demais! São suas ilustrações e versos sobre artista, por ela mesma. Corre ver que vale a pena! 🙂