oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 7 anos, e vinícius, de 1 ano. seja bem-vindo! Leia mais



9 set 2015

4 Livros Infantis Divertidos para Ajudar no Desfralde

Escrito por
Desfralde, Destaques, Fases e momentos especiais, Listas de Livros, Livros

Tá aí um post que eu tô pra fazer há tempo – desde a época do desfralde do Francisco, na verdade, que hoje já está com 5 anos de idade. Falando assim, parece que faz séculos, mas a verdade é que nem faz. É que aqui em casa o desfralde foi longo e bem trabalhoso. Tentamos algumas vezes sem sucesso, e quando de fato a fralda saiu o que não saía mais era o…cocô. Pois é – a relutância com penico era tão grande que ele começou a segurar o quanto podia – e isso durou muito, muito tempo. Não foi fácil – mas no final deu tudo certo. A verdade é que cada criança tem seu tempo, seus medos e receios – e o desfralde exige muita paciência e dedicação. Uma coisa importante e que aqui fez toda a diferença foi deixar a coisa toda o mais parecido com uma brincadeira possível, usar e abusar do lúdico. Livros infantis divertidos que tratam do assunto (xixi, cocô e afins) são belos aliados nessa hora – por isso, escolhi 4 que valem ter em mãos na hora do desfralde.

1.O QUE TEM DENTRO DA SUA FRALDA?

Tá aí um clássico do desfralde, conhecido de muita gente e queridinho de muita criança – esse é um livro bem bacana para os pequenos que estão partindo das fraldas para o penico. Já falei do livro por aqui lá no início de 2013 (e depois até rolou sorteio) – é dos nossos preferidos no assunto, de longe. Não há criança que resista aos pequenos bichinhos e suas fraldas repletas de cocô, essa é a verdade – o livro é bonitinho, engraçado e bastante interativo: no caso, a interação é abrir fraldas alheias, através de divertidas abinhas. Na história, um ratinho muito do curioso e intrometido vai bisbilhotando a fralda de cada um dos seus amigos – aí é coelho, cachorro, nem o bezerro escapa da indiscrição. Todos têm a fralda suja – mas quando chega a hora do ratinho, tcha-ran! A fralda está limpinha. Os bichinhos ficam todos perplexos até entender que…ah, o ratinho já partiu pro penico. Ele mostra então seu penico repleto de cocozinhos e assim termina o livro, cada bichinho no seu penico, feliz da vida. Como eu disse, um clássico – ficou um tempão esgotado para desespero das mães em fase de desfralde, mas já foi reeditado. Da Brinque-Book.

o-que-tem-dentro-da-sua-fralda-01

o-que-tem-dentro-da-sua-fralda-02

2. CADÊ O MEU PENICO?

Outro clássico! Falei dele também por aqui na época: é que eu não podia ver livro sobre penico, cocôs e afins que eu trazia pra casa. Alguns fizeram muito sucesso, outros muito pouco – esse aqui foi um dos que o Francisco curtiu bastante. Livrinho mais simples, sem abas ou nada parecido, mas com uma história muito divertida e cheio de rimas e repetição – já falei, os pequenos adoram isso e é uma excelente forma de fisgar sua atenção. Aqui, a história é da pequena Hortênsia, garotinha apurada para ir ao banheiro – problema é que não há jeito dela encontrar o penico, que está sendo usado por todos os animais da fazenda. Eles não sabem que é um penico, chamam de “pote cocozeiro” (nem preciso dizer que aqui em casa até hoje penico é tratado assim, né?). Então há esse belo desencontro: penico ninguém sabe o que é, mas esse pote cocozeiro…que belíssima invenção! Quando a Hortênsia não se aguenta mais mesmo e vai partir para o matinho, os bichos entram em desespero – e oferecem pra ela o tal pote cocozeiro. Um livro pra rir muito com os pequenos e deixar mais leve qualquer desfralde! Publicado pela Companhia das Letrinhas.

cade-meu-penico-01

cade-meu-penico-02

3. QUERO MEU PENICO

Esse eu emprestei lá da biblioteca, recentemente – por isso, não fez parte do nosso desfralde, mas é um livro tão divertido que olha, queria ter conhecido antes. Fez o Francisco rir adoidado – as ilustrações de Tony Ross são muito engraçadas e caricatas, isso já diverte! Aqui, a princesinha começa cansada da sua fralda, mas reluta um bocadinho pra usar o penico. Aí é ela se escondendo atrás do sofá pra fazer cocô (gente, o Francisco fez TANTO isso que deuzolivre), fugindo por aí. “O certo é no penico”, diz a rainha. Até um dia em que a princesinha decide que então….ela quer penico. Aí é um deus nos acuda, gente gritando pra tudo que é lado – grita o rei, a camareira, o cozinheiro, o jardineiro, todos correndo esbaforidos atrás do penico da princesinha. Quando o penico finalmente chega…é tarde demais. Tá aí, outra coisa que acontece (e muito): acidentes no trajeto fralda-penico. Um jeito bacana da criançada se sentir confortável com eles é assim, vendo que acontece mesmo, com todo mundo – inclusive com as princesinhas. Mais um livro engraçado e divertido sobre o desfralde, publicado pela Martins Fontes.

quero-meu-penico-01

quero-meu-penico-02
4. DA PEQUENA TOUPEIRA QUE QUERIA SABER QUEM FEZ COCÔ NA CABEÇA DELA

O nome é longo, eu sei – tem que ver o Francisco tentando lembrar dele todo, eu me divirto. Esse não é exatamente um livro sobre o desfralde, mas como trata de cocô, achei que podia ajudar também – por aqui ajudou. Aliás, volta e meia ajuda, é um livro que serve pra muita coisa na vida – conta a muito engraçada história de uma toupeira míope (pois é) que um dia acorda com um cocozão na cabeça. Aí lá sai ela, muito indignada, interrogando cada um dos bichos – quem teria feito aquele desaforo? O nosso livro é pop-up, e permite diversas interações com os cocozinhos – mas como eu disse no vídeo, aqui eles foram de desfazendo nas muitas leituras. Hoje eu compraria a versão simples mesmo – afinal, o divertido aqui mesmo é a história. Olha, garanto: não há criança que não caia na gargalhada com a toupeira e seu enigma do cocô. Ah, no final ela descobre, com a ajuda de duas moscas, quem foi o culpado: o cachorro do açougueiro – e resolve se vingar fazendo o mesmo. Muitos cocozinhos de toupeira na cabeça do cão e lá sai ela fugindo, vitoriosa! Publicado pela Companhia das Letrinhas.

da-pequena-toupeira-coco-cabeca-01

da-pequena-toupeira-coco-cabeca-02

…hoje foram só quatro livros, quatro que lemos e aprovamos – mas a verdade é que não falta por aí literatura para ajudar na época do desfralde. A Michelle, do Vida Materna, já falou um bocado sobre o desfralde (vale ler as dicas dela, viu?) e indicou o Hora do Penico (e também o do ratinho!). A Kênia, lá do Vira-Páginas, fez uma lista ótima (de utilidade pública!), com vários outros livros que falam sobre o tema. É abastecer a biblioteca com o assunto e…boa sorte no desfralde, que acreditem, passa! 😀


12 ago 2015

5 Dicas de Livros Interativos

Escrito por
Livros

Teve uma época que eu pensava em livros interativos e torcia o nariz – é que eu logo imaginava aqueles livros cheios de botões, barulhos chatos ou pop-ups que se desfazem nas primeiras leituras. Ou seja, pensava em qualquer coisa menos um livro de verdade. Aí fui conhecendo alguns livros diferentes – formatos variados, propostas de brincadeiras, mistérios a serem descobertos e apontados, e fui vendo o quanto o Francisco adorava esses livros. Ainda adora, cada um deles – e eu também, gente. Me lembram os Onde está Wally e os livros 3D (aqueles que tinha que grudar a cara na página e afastar aos poucos, difícil pra caramba!) lá da minha época, e eu me divirto junto. São livros que não servem tanto para a hora de dormir, mas para ler e brincar a qualquer hora do dia. Livros legais pra levar pra cima e pra baixo, pra carregar na mala de viagem, ler no carro, avião, no restaurante, em casa mesmo. Cinco dicas de livros bem especiais para ler e interagir. Bora?

1. (coleção) QUAL É DIFERENTE? 

Pera, esse é uma dica, mas são quatro os livros. É que fazem parte de uma coleção na qual a  brincadeira é descobrir, a cada página, qual é o animal diferente. Apontar qual deles está se comportando de outro jeito, ou vestindo algo específico, carregando algo, se escondendo. Aí é procurar os porcos decepcionados, o porco que usa relógio, a joaninha que não acompanha o ritmo das outras, aquela que está indo à praia, qual o polvo que está com um galo na cabeça. As ilustrações de Guido Van Genechten (é o mesmo ilustrador do “O que tem dentro de sua fralda?”) são muito coloridas, contraste divertido sobre páginas brancas ou pretas. São livros bem bacanas pra ler já com os mais pequenos, a partir de 1 ou 2 anos (mas ainda interessam, e muito, o Francisco – ele adora todos!). São resistentes, daqueles pra brincar, abrir e sujar sem medo, bem fáceis de limpar (na hora de levar o livro pra viagem ou o restaurante, descobri que às vezes vale pensar nisso também). São quatro: “Dentro e Fora“, “Feliz, Triste, Bravo“, “Grande e Pequeno” e “8, 9 e 10“, todos da editora Brinque-Book.

qual-é-diferente-brinque-book-01

qual-e-diferente-brinque-book-02

2. O LIVRO COM UM BURACO

Eu falei desse livro por aqui no final do ano passado – a gente recebeu ele no clube de leitores, e foi uma supresa. É que o livro vem com um…buraco. Foi uma festa, lógico, ainda mais quando a gente descobriu do que se tratava: um livro super interativo e repleto das brincadeiras mais diferentes. O buraco faz parte de um universo diferente a cada página virada – é o miolo de uma flor, o pedaço de uma cidade, uma cesta de basquete, a cabeça de um astronauta, um prato vazio. As brincadeiras ficam por nossa conta – aqui a gente rabiscou e pintou o livro, que também é sem cores. Ou seja, um convite à imaginação. Além do mais, o livro é daqueles grandões, que por aqui, a gente adora – acho uma ideia bem bacana para dar de presente, aliás. Não tem quem pegue o livro aqui em casa e não fique curioso, não há criança que não mergulhe imediatamente na brincadeira. Do artista francês Hervé Tullet, publicado pela Cosac-Naify.

o-livro-com-um-buraco-cosac-naify-01

o-livro-com-um-buraco-cosac-naify-02

3. APENAS UM É DIFERENTE

Outro livro que também já passou por aqui – esse é bem no estilo ali dos primeiros. O desafio aqui é apontar o animal diferente. A diferença é que esse é o livro mais “livro” de todos – tem sempre um textinho rimado e divertido que apresenta o desafio. Um flamingo com a perna levantada, um camarão perdido no meio de um cardume muito colorido, um macaco de braço enfaixado, um rinoceronte que muito andou, se cansou e deitou. As ilustrações são especialmente bonitas, da alemã Britta Teckentrup, e a edição, em capa dura e com uma textura bem diferente na capa, é um capricho só! Um dos livros que o Francisco mais curte brincar e mostrar pros amigos, outra dica de presente divertido para criança na faixa dos 4 anos. Publicado pela Brinque-Book.

apenas-um-e-diferente-brinque-book-01

apenas-um-e-diferente-brinque-bokk-02

4. NUMA TARDE QUENTE DE VERÃO

Esse livro foi escolha do Francisco, emprestado lá da Biblioteca Pública do Paraná. O que chamou a atenção dele foi o laranjão da capa, chamativa – então trouxemos pra casa para ler. Foi uma surpresa! O livro é interação pura, uma brincadeira só. Enquanto vamos folheando o livro, o autor e ilustrador Tino Freitas vai propondo a brincadeira: imaginar, por exemplo, um sorvete refrescante. Aí é tocar na página, apontar as cores, imaginar o sabor, virar e revirar o livro. As folhas são muito coloridas, com cores quentes, divertidas – como uma boa tarde de verão! Te contar que o Francisco a-do-rou, me fez ler e reler o livro e ainda me pediu que procurasse outros livros da coleção. Pra ler e brincar muito, da editora Callis.

numa-tarde-quente-de-verao-callis-01

numa-tarde-quente-de-verao-callis-02

5. O QUE HÁ

O último livro é um dos meus preferidos, e do Francisco também – já inclusive falei dele por aqui. Essa cópia aqui nós trouxemos lá de Portugal, edição linda da Planeta Tangerina, mas a boa notícia é que o livro já foi editado aqui no Brasil. A interação aqui é observar e apontar: o que há na bancada da cozinha, na bolsa da mãe, na sacola de praia da vovó, no bolso do casaco. Qualquer semelhança com a vida real não é mera coincidência, e a parte mais divertida da brincadeira é ver a bagunça e os objetos trocados ou esquecidos. As páginas interagem entre si – às vezes, um objeto que faltava em um lugar está em outro. No final, ainda há outras brincadeiras propostas, outros objetos a serem buscados e descobertas a serem feitas. Os textos são da Isabel Minhós Martins, e as ilustrações, divertidas demais, da Madalena Matoso. Livro bacana demais, um verdadeiro jogo! Ah, aqui no Brasil saiu pela Sesi-SP. 🙂

o-que-ha-planeta-tangerina-01

o-que-ha-planeta-tangerina-02

***


8 jul 2015

5 livros divertidos para dar risada

Escrito por
Livros

O papo do último vídeo foi um tanto quanto sério – então agora é vez de descontrair mesmo, sem medo de ser feliz. Aproveitando as férias de inverno que já chegaram pra muitas crianças, escolhi cinco livros super divertidos para fazer todo mundo dar risada – a seleção tá bacana, ó só:

1. DEIXEI O PUM ESCAPAR

O cachorro Pum já apareceu algumas vezes aqui no blog – é que ele é engraçado demais e o Francisco adora suas histórias e bagunças sem fim. Desde o primeiro livro, o “Quem Soltou o Pum?”, a gente adquiriu todos os livros impressos (são três) e o digital. Leu e releu infinitas vezes – e não adianta, todas as vezes o Fran ri alto. É que o trocadilho do cachorrinho Pum é uma das sacadas mais engraçadas e divertidas da literatura infantil, sem brincadeira – eu desafio a criançada a ler esse livro sem esboçar pelo menos um sorrisinho. Aqui, nesse livro, o Pum vai passear no parque. A idéia é soltar o Pum lá, porque ao ar-livre ninguém reclama, né? Mas o Pum escapa – e foge para longe. Aí é só desespero, tia Clotilde e família buscando como podem o cãozinho. Mas no final dá tudo certo – ele volta, e ainda traz companhia. Da Companhia das Letrinhas.

pum01

pum02

2. ATÉ AS PRINCESAS SOLTAM PUM

No ano passado eu fiz uma lista de 10 livros bem legais pra presentear a criançada no Natal, lá no Vida Materna – esse era um deles! É um livro que eu adoro dar de presente pra meninada que curte princesas e afins – tem todas as princesas que as crianças piram, mas com um diferencial bem engraçado: aqui elas também soltam pum. A menina Laura vem perguntar para seu pai se é verdade esse papo: as princesas também soltam pum, pai? Então lá vai o pai atrás de um volumoso livro cheio de respostas inesperadas. E não é que sim, as princesas também soltam pum, como a gente? E não apenas isso; aqui a gente descobre que as badaladas do sino da meia-noite ajudaram Cinderela a disfarçar um acidente daqueles, por exemplo. E a Branca de Neve desmaiou foi com um pum tóxico, e não com a maçã, como dizem os contos de fadas por aí. Pra rir mesmo! Escrito por Ilan Brenman, publicado pela Brinque-Book.

princesas01

princesas02

3. MAX, O CORAJOSO

A história do gatinho Max fez o Francisco rir um bocado – é que o Max é esse gatinho fofo e bonitinho que não quer mais ser visto assim. Ele quer ser visto com um muito corajoso caçador de ratos – coisa que tá bem difícil, porque olha, nem saber o que é um rato ele sabe. Então o Max sai em busca do tal rato – pergunta pra peixe, passarinho, coelho, elefante: você é um rato? Quando de fato ele se depara com um rato, esse, muito esperto, diz que é na verdade um monstro – e aponta ali para o que segundo ele é um rato. Só que ele aponta para o montro, e aí o Max se dá um bocado mal, claro. O livro é engraçado e hiper-colorido – cada página é de uma cor diferente, e a leitura é colorida e muito divertida. Escrito e ilustrado por Ed Vere, publicado aqui no Brasil pela Companhia das Letrinhas.

max01

max02

4. O GATO, O CACHORRO, CHAPEUZINHO, OS OVOS EXPLOSIVOS, O LOBO E O GUARDA-ROUPAS DA VOVÓ

O título é longo, mas não vale se intimidar com ele não – o livro é divertido e muito diferente! O gato, sentadinho muito confortável, tenta ler a história da Chapeuzinho Vermelho. Mas quem disse que consegue? O cachorro interrompe querendo saber coisas do tipo: qual o poder dessa chapuzinho? Cadê ovos explosivos, cadê raio de bondade – ele quer é uma história cheia de aventura e ação. E também quer entender porque, por exemplo, o lobo-mau já não come mesmo a chapeuzinho, porque tem que ir atééé a vovozinha – e faz mil perguntas. É divertido o jeito como a conversa acontece, as ilustrações misturadas ao texto, lembra quadrinho. Daqueles livros que exigem altas vozes, barulhos e emoção na hora da leitura, divertido demais! Da editora WMF Martins Fontes.

chapeuzinho01

chapeuzinho02

5. PRESOS

Já falei desse livro por aqui quando indiquei livros infantis em inglês que a gente curte. A boa notícia é que tem edição do livro por aqui, e olha, esse é um dos livros mais divertidos que já nos passou pelas mãos, sem brincadeira. Um garotinho prende a pipa em uma árvore, enquanto brinca. Pra tirar a pipa de lá, ele joga seu sapato favorito…que fica preso também. Aí o outro pé do sapato pra tirar o primeiro, o gato pra tirar o segundo, uma escada para tirar o gato, um balde de tinta pra tirar a escada – e bem, aí dá pra imaginar a bagunça que a árvore vira. É engraçado porque ele joga as coisas mais absurdas, como um navio, um orangotango e até um caminhão de bombeiros – mas no final dá tudo certo, pelo menos pra pipa. Ela é resgatada, mas fica tudo lá, preso – é muito engraçado! As ilustrações do Oliver Jeffers são divertidas demais, o livro é uma delícia de ler. Imperdível, de verdade!

presos01

presos02

***