oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 7 anos, e vinícius, de 1 ano. seja bem-vindo! Leia mais



7 out 2015

5 Livros Gigantes com Histórias Incríveis

Escrito por
Livros

Eu não me canso dos livros gigantescos – confesso que olha, tenho verdadeira loucura por eles. O Francisco também. Mas também, me diz: que criança não adora receber um presente que é quase do tamanho dela e que dentro guarda uma verdadeira viagem? Eu sou uma que acho esses livros especialmente legais para presentear – a criança geralmente se surpreende com o tamanho, e se a história é divertida então, aí é amor na certa. Por isso, escolhi cinco dos nossos preferidos: são cinco livros gigantescos, com ilustrações maravilhosas e histórias incríveis.

1.CARAS ANIMALESCAS

Eu já falei desse livro aqui há dois anos, acho que na época que ele foi lançado – pensa, o Francisco tinha 3 anos na época. E ele obcecou por esse livro – andava com ele pra cima e pra baixo, carregando um livro tão grande do jeito que conseguia. Desde então o livro já foi e voltou para a prateleira algumas tantas vezes, assim como o Bocejo e o Telefone Sem Fio, dos mesmos autores (e que seguem a mesma linha e belezura). A brincadeira aqui é reparar e descobrir quais bichos as pessoas se parecem – pelas ilustrações a gente logo vai percebendo, e se não, é só reparar na sombra ali atrás. Os textinhos, com rima, complementam: a Sra. Maricota tem cara de gaivota, a Sra. Deodata tem cara de gata, o Sr. Adelardo tem cara de…leopardo. Aqui em casa o Francisco já sabe de cor e salteado – e não adianta, não se cansa da brincadeira. Mas também, é divertido demais! Escrito por Ilan Brenman, com ilustrações do Renato Moriconi, é editado pela Companhia das Letras.

caras-animalescas-01

caras-animalescas-02

2. 365 PINGUINS

Esse é outro livro grandão que faz rir um bocado – descobri ele na Biblioteca Pública do Paraná, e é a segunda vez que o emprestamos. A história é bem diferente: uma família recebe um dia uma caixa com um pinguim, munido de um bilhete pedindo apenas para que seja alimentado. O pessoal fica intrigado, mas tudo bem, vai…no segundo dia, outro pinguim. Agora são dois. No terceiro, adivinha? Um terceiro pinguim, e a coisa não para nunca – pelo menos não até completar 365 deles.  A questão é que não é fácil cuidar de um animal tão delicado – agora imagine de centenas deles! A família se desdobra, e a gente vai só acompanhando: quilos e quilos de peixe fresco para alimentá-los, lugares especiais para que eles durmam, formas inusitadas para mantê-los limpos. O final é engraçado demais – e tem uma bela supresa! Livro super divertido e querido de muitas crianças pelo mundo afora – já foi publicado em mais de 12 países. Da Companhia das Letras.

365-pinguins-01

365-pinguins-02

3. O PIRATA E O FARMACÊUTICO

Ahhh esse livro! Eu tava bem louca pra mostrar esse livro aqui! Mas espera: esse é um daqueles livros que surpreendem. O que me fez comprá-lo foi a capa, a edição, as cores – a verdade é que eu não esperava o que nos esperava (opa) ali dentro. O livro conta a história de dois amigos de infância: Robin e Ben. Os dois crescem juntos, mas tomam rumos diferentes na vida – Robin vira pirata e Ben, farmacêutico. Robin segue roubando navios, promovendo batalhas; Ben vendendo fórmulas milagrosas que não passam de grandes mentiras. Os dois se enriquecem, cada um da sua forma. Anos depois, já adultos, voltam a se encontrar – e aí, ah, várias surpresas. O livro é um tanto quanto violento, já aviso. As ilustrações repletas de sangue e tragédias – mas tudo assim, cheio de cor, incríveis, hipnotizantes, como uma boa aventura deve ser. E quem disse que assustam? O Francisco (que tem 5 anos) adorou o livro, me fez contar várias vezes a história e segue namorando as ilustrações. Eu também! É uma história fantástica, daquelas que a gente não esquece nunca. Quer saber? Imperdível. Também da Companhia das Letras.

o-pirata-e-o-farmaceutico-01

o-pirata-e-o-farmaceutico-02

4. O TAMANHO DO SEU SONHO

Esse é outro livro que emprestamos da Biblioteca Pública e que entrou direto pra wishlist – é uma verdadeira obra de arte! Cada página dupla, gigante, esconde um segredo: o sonho de alguém, de algum ser ou objeto que a gente nem imagina. Tem a cegonha, tem o poço, a lombriga, a coruja, até o carro de bombeiros sonha acordado. Cada sonho é acompanhado de uma ilustração completamente diferente, cada virada de página esconde uma espetacular surpresa. É um daqueles livros para ler, reler, sonhar com ele (por que não?), presentear crianças e adultos, deixar em cima da mesa pra que todo mundo possa folhear. Difícil é só pronunciar o nome do autor, polonês: Przemyslaw Wechterowicz. As ilustrações são da também polonesa Marta Ignerska, e o livro é publicado no Brasil pela Editora Biruta.

o-tamanho-do-meu-sonho-01

o-tamanho-do-meu-sonho-02

5. A GIGANTESCA PEQUENA COISA

O último é um daqueles livros que sabe como é, mas acho que são mais meus que do Francisco. Ele jura que é dele, eu juro que é meu – então é nosso e ponto final. Já falei dele por aqui em 2013, e segue sendo um dos nossos gigantescos preferidos. Na época, ainda não tinha edição no Brasil, e nossa cópia era portuguesa – a boa notícia é que hoje já tem edição por aqui, e olha, tão bonita quanto! A diferença é que aqui se chama Pequena Coisa Gigantesca (não entendi porque mudar o título, acho tão mais poético o outro, oras!). No livro, vamos acompanhando a descoberta dessa pequena coisa gigantesca que está muitas vezes logo à nossa frente e não a vemos – a felicidade. É um livro pra filosofar, sonhar, se apaixonar perdidamente, pra presentear os pequenos e os grandes de coração sensível. Tanto o texto como as ilustrações são da artista italiana Beatrice Alemagna, e no Brasil o livro saiu pela WMF Martins Fontes.

pequena-coisa-gigantesca-01

pequena-coisa-gigantesca-02

***


26 nov 2013

caras animalescas

Escrito por
Livros

Afe! E eu achando que ia conseguir atualizar o blog no meio da viagem, que ingenuidade. Fui pra Montreal, pra Nova Iorque, não parei um minuto na frente do computador e acabei abandonando o blog um pouquinho – mas ó, já estou de volta e com a mala cheia de livros infantis bacanas. Prometo mostrar tudo, rá.

Mas pera – antes deixa eu falar desse aqui, que comprei antes da viagem e o Francisco curtiu demais (e tem passeado pela casa nas mãos dele desde que voltamos pra cá). Chama-se Caras Animalescas e é novidade – o terceiro livro da Trilogia do Retrato, projeto bonitão de Renato Moriconi e Ilan Brenman. Já falei dos outros dois aqui: Bocejo e Telefone sem Fio. Todos têm formato grande, e como o título da trilogia sugere, mostram retratos humanos com jeito curioso. Tudo com desenhos absolutamente incríveis.

IMG_7496MODIF

Os autores propõem logo no início do livro: “Vocês já repararam que existem pessoas que se parecem com alguns animais?” – e aí começa a brincadeira. A Sra. Maricota que tem cara de gaivota, a Sra. Deodata tem cara de gata, o Sr. Adelardo com cara de…leopardo. O Francisco gosta de terminar dizendo o bicho, se diverte. Nosso preferido:

IMG_7506MODIF

Me bati pra escolher duas imagens pra mostrar pra vocês, mas somos muito fãs do Sr. Miliguim – então escolhemos ele também:

IMG_7512MODIF

O livro é divertido demais – e dá pra desenrolá-lo facilmente em várias brincadeiras. Aliás, os outros dois também permitem isso. Preço: R$ 37,50 na loja da editora e ó, 22 reais na Fnac online, acabei de ver. Tá aí uma ideia bem legal de presente de Natal (ai, mas já é hora de pensar nisso?) – a trilogia completa, imagina que sonho.