oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 7 anos, e vinícius, de 1 ano. seja bem-vindo! Leia mais



13 out 2016

Puns, Melecas e Afins – Livros para Rir!

Escrito por
Divertidos, Livros, Para dar risada

Tem coisa melhor que ler um livro e dar risada? Aqui em casa um assunto que sempre faz sucesso é pum, meleca ou coisas do tipo: livros com histórias melequentas, absurdas e muito hilárias. Esses são quatro dos preferidos do Francisco no momento – todos com alguma coisa em comum!

Assista ao vídeo:

 

1. O PUM E O PIRIRI DO VIZINHO

o-pum-e-o-piriri-do-vizinho

Se você ainda não conhece o cachorro Pum (acho difícil), não sabe o que está perdendo. O cão mais querido da literatura infantil já aprontou um bocado – o Pum já foi solto na escola, já escapou no parque, já deu trabalho! Em sua quarta aventura, “O Pum e o Piriri do Vizinho”, Pum e família ficam encarregados de cuidar do cachorro do vizinho, o Piriri (que aliás é filhotinho do Pum e da Couve-Flor). Só que não é fácil segurar o Piriri não, que quando chega, chega chegando! Não bastasse o Piriri, também vem o gato do vizinho junto, o Chulé – mas esse pelo menos é mais discreto. Com tanto Pum, Chulé e Piriri numa só história, é impossível ler com a criançada sem causar (e também dar) gargalhadas! Da Companhia das Letrinhas.

2. MAMÃE JÁ FOI PEQUENA ANTES DE SER GRANDE

mama%cc%83e-ja-foi-pequena-antes-de-ser-grande

Que pum, meleca e peraltices em histórias fazem a criançada rir alto todo mundo sabe – agora imagine só tudo isso ligado a uma figura tão comportada como a da…mãe da gente. “Mamãe Já Foi Pequena Antes de ser Grande” brinca com texto e imagem, que se contradizem e fazem rir! A mãe que sempre raspava o prato, que nunca, nunquinha falou um palavrão, que jamais sentiu ciúme do irmão. Será mesmo? Livrinho hilário, muito do politicamente incorreto e delicioso, publicado pela editora Rocco.

3. SHREK

shrek-livro

Os pais de Shrek eram feios de dar dó, mas Shrek nasceu mais feio ainda. Era verde, narigudo, exalava maus cheiros e ainda por cima não era nada bom. Quando saiu de casa (enxotado pelos pais, coitado), cruzou com uma bruxa que lhe garantiu: encontraria, um dia, uma princesa. O ogro então partiu mundo afora, determinado. No caminho, cruzou com dragões, adentrou florestas misteriosas, afungentou árvores, pessoas, raios e trovões. Mas quando finalmente encontrou a tal princesa, não teve dúvidas: ela era tão asquerosa quanto ele, só podia ser mesmo a mulher da sua vida! Publicado pela primeira vez em 1990, é esse o Shrek que inspirou o filme: sua história tem muita meleca, aventura e humor – e um final digno de conto de fadas! Da Companhia das Letrinhas.

4. A INCRÍVEL HISTÓRIA DO MENINO QUE NÃO QUERIA CORTAR O CABELO

a-incrivel-historia-do-menino-que-queria-cortar-o-cabelo

Tá certo que grande parte dos livros preferidos do Francisco no momento envolvem histórias com melecas, fedores e bagunças. Mas no caso desse aqui, envolve também baba de cachorro bravo, casco podre de cavalo e até pelo de sovaco de macaco! No alto de uma montanha morava um garoto com sua mãe – o garoto não era nada fácil, era birrento, teimoso e o pior: detestava tomar banho e escovar os dentes. A mãe já não sabia o que fazer e resolveu inventar uma história, com a intenção de amedrontar mesmo o filho: dizia que existia um tal bruxo malvado, repleto dessas melecas todas, que colecionava crianças. Suas presas preferidas, claro, eram as crianças birrentas. Ele as descobria pelo seu cheiro! A história era inventada, mas um dia, adivinhem só: fugindo do barbeiro da cidade, que tentava dar um jeito naqueles madeixas grudadas e fedidas, o menino foi pego por mãos compridas, com unhas gigantes repletas de musgo e lama…e aí, só lendo o livro pra descobrir o final! Publicado pela Editora Evora.

***


12 jul 2016

O Conto do Carpinteiro, de Iban Barrenetxea

Escrito por
Destaques, Divertidos, Novidades e Lançamentos, Para dar risada

Aaah como é bom ganhar livro bonito de presente! Quando o Fran ganha um livro legal, me sinto presenteada também – e fico boba de feliz junto com ele. Esse aqui a gente ganhou no último aniversário (Francisco fez 6 anos no final de junho!) e adorou: que história mais maluca, incrível, redondinha! “O Conto do Carpinteiro” é de Iban Barrenetxea e foi lançado recentemente pela Companhia das Letrinhas

Era uma vez um carpinteiro, Firmín. Ele fabricava coisas tão perfeitas de madeira que ninguém acreditava – suas rodas giravam o mundo inteiro num só impulso, suas cadeiras faziam com que ninguém quisesse ofender seus próprios traseiros sentando em outras depois de experimentá-las, suas mesas não bambeavam jamais… era um carpinteiro caprichoso!

Um dia recebeu um recado inusitado: o glorioso Barão von Bombus havia perdido o braço direito em uma batalha, e precisava de outro urgente. A missão de Firmín então era fazer outro, perfeito – e não fez diferente: o braço ficou ainda melhor que o antigo, segundo o Barão. Não passou muito tempo, outra mensagem: nova batalhe, enorme calamidade, e dessa vez o Barão perde também o braço esquerdo! A história se desenrola nessa hilária repetição, já que o Barão, danado, vai perdendo membros de carne e osso e arranjando novos, de madeira, polidos, muito melhores que os originais.

O final é engraçado como todo o livro, cheio de ironia e humor. Livro absolutamente delicioso para se contar em voz alta, repleto de aventuras e surpresas – e ilustrações maravilhosas! 

***


15 jun 2016

Livros Sobre Livros! (Parte 1)

Escrito por
Destaques, Divertidos, Listas de Livros, Para dar risada

Vamos combinar: livros são tão legais que até rendem assunto para outros…livros! Dia desses recebi uma sugestão divertida de pauta lá no instagram: que tal fazer uma lista de livros sobre livros? Aceitei o desafio e resgatei da nossa biblioteca (e da Biblioteca Pública também) alguns livros bem legais que tratam do assunto – essa é a primeira parte da seleção! 🙂

1.É UM LIVRO

Tanta gente já me indicou esse livro que era hora de finalmente conhecê-lo! Esse a gente pegou lá da Biblioteca Pública do Paraná, e foi uma daquelas descobertas deliciosas: Francisco riu alto com a história. De uma simplicidade genial, traz o hilário diálogo entre um macaco e um burro. O macaco lê um livro, o burro brinca com seu laptop – e esse último não se conforma que o tal livro que o macaco lê não interage, não faz barulhos, não faz…nada! Bem, isso até ele mergulhar no tal livro e perceber que ali há todo um universo à espera dele. História super atual, divertida homenagem ao velho e bom livro – vale ver a animação no youtube também, é muito legal! Publicado pela Companhia das Letras.

e-um-livro

2. O QUE CABE NUM LIVRO?

Esse é o livro mais novo da lista, lançamento recente da Editora Panda Books (antes era publicado pela DCL). Escrito por Ilan Brenman e ilustrado pelo Fernando Vilela, é um livro de poucas palavras e muita cor, bem divertido de curtir com os pequenininhos. A brincadeira toda gira em torno dessa pergunta: já pensou quanta coisa cabe num livro? Em um livro cabe tudo que a imaginação permitir, e nesse aqui cabem dinossauros gigantescos, joaninhas, baleias, pulgas, uma família toda e até…o próprio livro dentro do livro! Bacana também é descobrir qual foi a inspiração do Ilan Brenman para escrever esse livro nesse vídeo aqui – aposto que vai ser uma supresa!

o-que-cabe-num-livro

3. SE EU FOSSE UM LIVRO

Esse é um livro pelo qual tenho muito carinho – pela linda edição, pelas ilustrações tão bonitas, pelo texto cheio de poesia e pela homenagem sem igual que ele faz ao livro em si. Escrito por José Jorge Letria e ilustrado por André Letria, pai e filho, ele brinca com as possíveis expectativas de um livro diante de seu leitor. É poesia pura, coisa linda de ler – e até emociona! Amo demais como as ilustrações complementam com maestria o texto, sempre muito criativas, sempre do livro em algum papel especial, cheio de metáforas – seja como uma muralha, como um túnel, cavalgado por um cowboy ou iluminando uma rua deserta. Nossa edição é portuguesa, da Pato Lógico, mas no Brasil o livro saiu recentemente pela Globinho. Imperdível!

Ah, há uma animação muito bacana do livro disponível no youtube, narrada pelo próprio autor com seu lindo sotaque português – vale demais assistir! <3

se-eu-fosse-um-livro

4. LIVROS! (“BOOKS”)

Esse é outro livro-homenagem, verdadeira ode ao livro impresso. Publicado pela primeira vez em 1962, faz uma viagem por dentro de um livro físico – desde como ele é feito, do que é formado, até seu conteúdo tão diverso de palavras, pontuações, histórias e surpresas. O barato do livro é justamente o projeto editorial dele, muito diferente e inovador – as cores, a tipografia, é tudo surpreendente! Nossa edição é americana, publicada pela Ammo, mas no Brasil o livro saiu pela Pequena Zahar numa edição bem pequenina (porém similar à original da década de 60). Pra quem ama um livro muito do diferente!

books

books2

5. COMO ENSINAR SEUS PAIS A GOSTAREM DE LIVROS PARA CRIANÇAS

O último livro dessa primeira parte da lista é no mínimo altamente útil – além de ser muito engraçado, divertido e cheio de fantasia! Parte dessa brincadeira de como ensinar os pais a gostarem dos livros infantis, e aborda aquele moralismo que às vezes rola na hora de escolher os livros das crianças: afinal, pode falar de morte? De sexo? Tá tudo bem se um cocô fizer parte da história? Ufa, ainda bem que pode, que tá tudo bem, e que nenhuma outra literatura consegue abordar esses temas com tanta delicadeza e simpatia. Pra ler em família, rir um bocado – e ainda brincar de procurar as muitas referências de outros clássicos infantis em meio às ilustrações. Da Pulo do Gato.

como-ensinar-seus-pais-a-gostarem-de-livros-para-criancas

***