oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 6 anos, e vinícius, ainda bebê. seja bem-vindo! Leia mais



3 jun 2015

10 livros-imagem essenciais – Parte 1

Escrito por
Livros

Tá aí uma lista que eu tava querendo fazer faz tempo: sobre livros-imagem. Os livros-imagem não têm texto algum – apenas imagens, e são através delas que a narrativa se encaminha. Pessoal às vezes pensa que por não terem palavras, os livros-imagem são destinados apenas às crianças bem pequenas – e de olha, de fato são ótimos pra fisgar a atenção dos pequeninos. Mas tem livros-imagem para todas as idades mesmo – até gente grande! Eu mesma gosto demais desses livros – gosto especialmente das inúmeras possibilidades que eles permitem durante a leitura. Às vezes a leitura é minha, às vezes do Francisco – às vezes de nós dois juntos, e aí é deixar a imaginação fluir, observar e apontar cada detalhe que o artista criou. Ler um livro imagem junto é criar vínculo, é estimular a criatividade e pode virar uma grande brincadeira.

Ah, dessa vez tem vídeo também – aproveita pra seguir o canal do youtube e acompanhar tudo de lá! 🙂

1. TELEFONE SEM FIO

Um dos preferidos do Francisco, de longe – já até falei dele aqui em 2013. O livro já foi pra escola, já foi pra casa dos amigos, pra casa da avó, mas sempre volta pra gente (ufa!). Aqui, os personagens mais inusitados cochicham no ouvido um do outro – o bobo da corte cochicha para o rei, que cochicha para o cavaleiro de armadura, que cochicha para o escafandrista, e assim vai. Personagens de várias épocas, lugares e histórias se misturam na brincadeira de telefone sem fio, e o que eles estão dizendo a gente só imagina. É um livro grandão, divertido e bonito demais: as ilustrações são pinturas a óleo, verdadeiras obras de arte. De Ilan Brenman e Renato Moriconi, da Companhia das Letrinhas.

FIO01

FIO02

2. O LEÃO E O CAMUNDONGO

Outro livro que já passou aqui pelo blog há algum tempo, outro livro com ilustrações lindas de morrer. Aqui a fábula do leão e do camundongo é contada através de desenhos realistas e grandiosos, que ocupam as páginas inteiras. A história é a assim: um camundongo vai parar nas garras de um leão, que por alguma razão o deixa fugir livre. Um dia então, no meio da selva, o leão cai em uma armadilha humana – e é o pequeno camundongo que vem resgatar o rei da floresta, roendo a corda para que o felino fuja livre. Moral da história (toda fábula tem uma!): nenhum ato de solidariedade é desperdiçado. Do americano Jerry Pinkney, editado por aqui pela WMF Martins Fontes.

LEAO01

LEAO02

3. TOM E O PÁSSARO

O Francisco gosta demais desse livro! Primeiro, porque tem passarinho. Segundo, porque tem jeitão de quadrinho, com as ilustrações separadas em quadrados – aí ele vai parando e observando o que cada cantinho reserva, os acontecimentos de cada página. Nas primeiras, ele curte observar tudo o que acontece na feira onde Tom vai passear – e onde compra um passarinho em uma gaiola. Tom leva o pequeno pássaro roxo para seu quarto, tenta brincar com ele – e aí, segundo o Francisco, é quando ele o escuta. O passarinho conta de onde veio, de como foi capturado. Tom se entristece, e resolve libertá-lo. Acho que essa é uma terceira razão pela qual o Francisco gosta desse livro – porque é sobre liberdade, sonho, viagem. Na última ilustração, que ocupa uma página dupla, a gente vê Tom voando sobre o pássaro, agora gigantesco, imponente, completamente livre. De Patrick Lenz, publicado pela Editora Biruta.

TOM01

TOM02

4. A CASA NA ÁRVORE

Esse é um livro delicado e surpreendente – um urso polar chega à uma casa na árvore, no meio do oceano. Logo depois, chega outro urso, um marrom. Ali, os dois amigos vivem – passam as estações, passam outros bichos, e as surpresas surgem a cada página: cores, muitas cores. A cada folheada a árvore aguarda repleta de diversidade e movimento, repleta de cor. O cor-de-rosa de flamingos que passam por ali, o amarelo de um dia ensolarado no qual a visita a vem de barco-balão, o branco de um dia de neve, o azul de uma bela noite de luar. Livro vencedor de diversos prêmios, foi criado por pai e filha: Ronald Tolman e Marije Tolman. Edição da Brinque-Book.

ARVORE01

ARVORE02

5. JOURNEY

Tá aí um livro de tirar o fôlego, tão bonito é – Journey conta a incrível história de uma viagem, como diz o próprio título. Uma viagem criada a partir de um giz de cera vermelho, obra de uma garotinha entediada. Uma porta desenhada na parede leva a menina a uma floresta exuberante – de uma paisagem sépia, triste, ela entra em um verde brilhante, repleto de luminárias orientais. E a viagem continua: quando encontra um rio, a garota desenha um barco – e chega num reino gigante, com castelos, labirintos e janelas. É um livro com muita emoção e aventura: a menina tenta resgatar um pássaro aprisionado, fugindo de arcos, flechas e vilões – e no final, encontra um amigo para continuar a jornada. Não tem edição no Brasil – essa é da Candlewick Press, americana, e é absolutamente impecável e linda. A dica é que dá pra encontrar fácil (porém um bocado caro, com esse dólar alto assim) no site Book Depository. Ilustrações de Aaron Becker.

JOURNEY05

JOURNEY02

***

…continua na parte 2, aguardem! 🙂


20 fev 2015

Cantiga, de Blexbolex

Escrito por
Livros

 

cantiga01

Blexbolex é um artista francês – nome esquisito e divertido de pronunciar (Francisco, fala com a mãe: BLEX-BO-LEX – e ele dá risada!), é na verdade o pseudômino de Bernard Granger. Artista, ilustrador e quadrinista, tem diversas obras infantis publicadas mundo afora – Cantiga é seu último trabalho, primeiro publicado no Brasil.

Livrinho pequeno no tamanho (quando comparado aos infantis que estamos habituados), de lombada gorducha e divertida, é de uma riqueza de cores sem tamanho. Foi o que primeiro me chamou a atenção quando me deparei com o livro – as cores, o laranjado fluorescente, a tipografia delicada. Tudo muito diferente, original – do formato, ilustrações, tipografia à própria história: são diferentes versões de uma só, sempre envolvendo personagens tradicionais do universo infantil. Tem a bruxa, o caçador, a escola o caminho – mas também tem o engarrafamento, a indiferença, a fuga.

Em alguns momentos, as palavras seguem tranquilas, página a página, embaixo das ilustrações – já em outros, surgem inesperadas: invertidas, embaralhadas, pontilhadas ou até ausentes. São essas ausências as partes preferidas do Francisco – cada leitura, uma invenção. Ele se diverte. Eu também – sou bem suspeita pra falar, porque é um dos livros da estante do pequeno que eu mais gosto. Delícia de ler em voz alta, em ritmos diferentes.

Onde achar: é fácil, é novidade e tem em diversas livrarias. Mas tá aí um livro que varia demais de preço – o nosso, comprei na Fnac aqui de Curitiba, por quase 40 pila. Besteira, deveria ter pesquisado um pouquinho. Na loja virtual da editora está por cerca de de 30 e (atenção, atencão!) nas Lojas Americanas não sai por mais de 14 reais. Imperdível.

cantiga02

cantiga03

cantiga04

Cantiga

Autor/Ilustrador: Blexbolex 

Editora Cosac-Naify, 2014


25 jul 2014

A Jornada do Pequeno Senhor Tartaruga

Escrito por
Livros

Esses dias achei um link bacana, que até compartilhei na página do facebook do blog – uma lista de livros infantis com protagonistas negros. Um monte de leitura mais que essencial para os pequenos – e hoje tomo a liberdade de adicionar mais um livro muito bonitinho à lista: A Jornada do Pequeno Senhor Tartaruga. Na terça-feira vim aqui falar de um livro da Editora Pulo do Gato, que está com o catálogo com 50% de desconto no mês de julho, e prometi que falaria de mais um. Pois aqui está.

IMG_9430

A Jornada do Pequeno Senhor Tartaruga é uma historinha comovente: o pequeno Yomi fica muito doente e tem que ser levado ao hospital, que fica longe da aldeia onde mora. A mãe então o leva, colado ao corpo, através de um longo caminho, a pé, de burro, camionete, táxi – e para que a viagem passe mais rápido, ela vai contando a Yomi a história do Senhor Tartaruga. As histórias são entrelaçadas, e é nas ilustrações que tudo acontece, simultaneamente – Yomi segue lutando para o hospital e o Senhor Tartaruga tenta realizar seu sonho de voar.

IMG_9434

As ilustrações são muito ricas, as cores fortes – tudo referência à cultura do continente africano. Os desenhos são cheios de ação, muita coisa acontecendo, mas tudo cheio de detalhes e lindeza. A história é encantadora e cheia de encorajamento – lembra uma bela fábula. O texto é de Inge Bergh e Inge Misschaert, e as ilustrações são de Kristina Ruell – o livro foi originalmente publicado na Bélgica, em 2012.

IMG_9436

Pra saber mais, só visitar o site da editora. Não esquece que a promoção vai até dia 31 de julho. 🙂