oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 6 anos, e vinícius, ainda bebê. seja bem-vindo! Leia mais



14 jan 2015

livro + aplicativo: Animalário Universal do Professor Revillod

Escrito por
Livros, Livros Digitais e Aplicativos

Gosto demais desses livros diferentes, com jeitão de brincadeira e possibilidades mil – já falei de alguns por aqui, como o Todos Fazemos Tudo e o De Caras. Todos edições portuguesas – o primeiro da Planeta Tangerina e o segundo da Pato Lógico. O de hoje, Animalário Universal do Professor Revillod é também de uma editora portuguesa, da Orfeu Negro, mas é uma tradução. Originalmente em espanhol, é um livro um tanto quanto maluco e muito divertido:

animalario01

“fabuloso almanaque da fauna mundial”

São 16 animais diferentes, cada um deles formado por três lâminas – a cabeça, o corpo e o rabo, que misturadas e embaralhadas criam os bichos mais esquisitos e fantásticos. São 4.096 possibilidades no total, devidamente montados e descritos pelo fictício professor Revillod. As ilustrações, em preto-e-branco, são do artista espanhol Javier Sáez Castán, e os comentários, que descrevem as criaturas com pomposidade e bastante humor, são de Miguel Murugarren.

animalario2

três lâminas que formam juntas os animais – reais ou imaginários

animalario3

apresento-lhes o “eleliguru”

Tem tigre (“animal feroz de belíssima aparência dos bosques malaios”), porca (“mamífero produtivo de hábitos omníveros companheiro do homem”) e outros 14 reais – mas os divertidos mesmo são os que criamos. Aí em cima fiz um “eliguru” para vocês: “paquiderme formidável de forte carapaça do deserto de Sonora”- tão esquisito, coitado, que bota até medo. Nossa edição eu comprei há algum tempo na Livraria Navegadores, aqui em Curitiba, que se mudou recentemente para o Shoping Crystal. Dá para comprar online também, em outras livrarias – problema é que justamente por ser edição portuguesa, não é barato. Na Livraria Cultura, por exemplo, onde encontrei mais em conta, sai a 58 reais.

versão digital e em inglês do animalário

versão digital e em inglês do animalário

animalarioipad2

francisco e seu bicho estranho

a versão digital do livro também – a gente gosta tanto do de papel aqui que resolvi baixar o aplicativo, esperando alguma coisa muito diferente. Mas nada. Bem, o benefício é que sai por cerca de 5 dólares, muito mais em conta que o impresso, e é só baixar e pronto, tá ali no tablet. Além disso os bichos fazem barulho e podem ser coloridos – mas nada além disso. No final das contas, por aqui a versão de papel fez muito mais sucesso mesmo. Um livro divertido, educativo e que estimula bastante a imaginação – demais pra quem curte bicho e fantasia!

***

Animalário Universal do Professor Revillod

ilustrações: Javier Sáez Castén

comentários: Miguel Murrugaren

editora: Orfeu Negro (Portugal)


17 mar 2014

a verdadeira historia dos três porquinhos

Escrito por
Livros

Legal mesmo é pegar livros emprestados de vez em quando – seja da biblioteca, do amigo, do professor. É divertido – e convenhamos, econômico. Não há quem consiga completar uma biblioteca particular com tudo de bacana que tem por aí. Esse aqui quem nos emprestou foi a Maria Helena, professora do Francisco esse ano. Ela é outra fã dos livros infantis – esses dias estava me contando que volta e meia vai a livrarias com uma listinha certa de livros na mão e sai de lá com outros completamente diferentes. Não resiste. E é difícil mesmo, com tanta coisa divertida nas prateleiras.

tresporquinhos

Então ela nos emprestou esse livro aqui – e a gente leu várias vezes na semana passada e morreu de rir. A história é divertida demais. O livro se chama A Verdadeira História dos Três Porquinhos – e é a versão do clássico contada pelo lobo, pelo lado dele. É na primeira pessoa, e o lobo começa contando que não entende porque surgiu esse papo de mau:

“Talvez seja por causa de nossa alimentação. Olha, não é culpa minha se os lobos comem bichos engraçadinhos como coelhos e porquinhos. É apenas nosso jeito de ser. Se os cheeseburguers fossem uma gracinha, todos iam achar que você é mau.”

 

tresporquinhos2

Segundo ele, toda a confusão se deve a um espirro e uma xícara de açúcar: ele estava fazendo um bolo para sua avó, e foi buscar na casa de seus vizinhos porcos uma xícara emprestada. Mas estava resfriado – e ora bolas, quem constrói uma casa de palha? (adoro a indignação dele) Não deu outra, a primeira se foi com o primeiro espirro. Além disso, o lobo jura que o porquinho já estava morto quando chegou, e bem, ele só não queria desperdiçar comida. Foi a mesma coisa com o segundo – só o terceiro, esse provocou. Mandou a avó do lobo às favas – e aí, quando a polícia chegou, ninguém quis ouvir a versão do lobo, que espancava a porta do terceiro porquinho. Jura que foi vítima de uma grande armação, o pobre lobo.

tresporquinhos3

O livro é muito divertido, e rende boas risadas. Fato engraçado: foi lançado em 1989 pela primeira vez, mas antes foi rejeitado por inúmeras editoras. Vai entender! O livro foi escrito por Jon Scieszka (clica no link só pra ver como se pronuncia o nome do escritor – não é fácil não) e ilustrado por Lane Smith – os dois têm parceria em muitos livros. Gosto das ilustrações escuras, quase sombrias, tudo muito marrom. São bonitas! Por aqui a edição saiu pela Companhia das Letrinhas e é fácil achar em qualquer livraria, na faixa de 25 a 35 reais. Dica: na Fnac Online está por 21 reais.