oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 7 anos, e vinícius, de 1 ano. seja bem-vindo! Leia mais



30 jun 2017

Quando Você Não Está Aqui, de María Hergueta

Escrito por
A Chegada de Um Irmão, Destaques, Fases e momentos especiais, Livros, Novidades e Lançamentos, Para Refletir

Na capa, duas crianças sentadas: uma rabiscada de vermelho, a outra ao lado, o lápis aos seus pés. “Ele não gosta dela, né?!“, me disse o Francisco assim que pegamos os livros nas mãos. E eis que nosso personagem começa logo dizendo: “Eu gosto quando você não está aqui”.

É que quando ela não está por perto, ele pode tudo: é o rei da casa, sobra muito mais espaço na grande cama, todas as coisas dela são dele. E assim segue…é tanta coisa boa quando ela não está! É um egoísmo inocente, quem nunca sentiu algo parecido? Mas a tão feliz solidão logo se transforma: afinal, sem ela ali, de quem ele vai se esconder? Em quem ele vai botar a culpa? Quem vai lhe contar histórias?

O livro é todo na voz do garoto, e é lindo como é ele próprio quem vai descobrindo que com a irmã é tudo mais divertido – o final é uma graça, puro sorriso! Francisco terminou o livro constatando: “ele tá é com saudades!”. 

Lindíssimas também são as ilustrações da espanhola María Hergueta, que escreve e ilustra a obra. São aconchegantes, bonitas, numa muito original paleta de cores – há texturas, estampas, escondem detalhes! Muito mais do que um livro sobre a (às vezes nada fácil) relação entre irmãos, um livro sobre a descoberta da individualidade, da solidão, da saudade e das delícias de se compartilhar a vida. Surpreendente! Da Editora Pulo do Gato.

***


5 ago 2014

Cada Família é de um Jeito

Escrito por
Livros

Tem uns livros que ganham a gente pela simplicidade – esse aqui é um deles. Uma das aquisições mais divertidas da nossa biblioteca dos últimos tempos, Cada Família é de Um Jeito é um livro que explica de forma muito simples algo importante: o quanto cada família é diferente.

IMG_9506

“Família, não tem duas iguais.

Tem família com duas mães e famílias com dois pais.

Tem família com um pai e uma mãe que não se entendem como parentes.

Nesse caso eles moram em casas diferentes.

E por aí vai…tem família só com mãe ou só com pai.”

Agora me diz  – como não amar um livro que começa logo assim? E ele é todo bonitinho. Inteiro em rimas, é fácil e gostoso de ler com crianças de qualquer idade, especialmente as pequeninas. É um jeito divertido de abordar um tema tão presente nos dias de hoje, os diferentes tipos de família que por aí existem. Família com muitos filhos, com poucos filhos, com pai e mãe, família de pais e mães gays, famílias solteiras como a nossa aqui em casa – todos esses novos núcleos familiares para o qual muita gente infelizmente ainda faz cara feia, mas que ó, tá aí e só enriquece a vida.

IMG_9514

É um livro legal para se ler em casa e também na escola – no semestre passado foi esse o tema trabalhado na turma do Francisco, a família. Tivesse conhecido esse livro antes, certamente teria sugerido ele. Tanto o texto como as ilustrações, fofas e coloridas, são da carioca Aline Abreu – fui lá fuçar o site dela conhecer seu trabalho, vi muita coisa bacana! Fiquei curiosa para conhecer o Menina Amarrotada (já curti o nome) – foi um dos 30 livros escolhidos pela Revista Crescer nesse ano e tem uma historinha bem diferente.

IMG_9510

A edição é da DCL Editora, fácil de achar. Sai por R$ 20,70 na loja virtual da editora- mas vale pesquisar que dá pra encontrar por até 13 reais. Livrinho essencial.