oi! meu nome é daisy e aqui eu compartilho minhas aventuras literárias (e mais), com meus filhos francisco, de 6 anos, e vinícius, ainda bebê. seja bem-vindo! Leia mais



21 jan 2016

cinema + livro: Snoopy & Charlie Brown

Escrito por
Divertidos, E mais!, filmes e cinema, Livros

Ahhh, finalmente! Tá aí um filme que gerou expectativa aqui em casa – primeiro em mim, depois no Francisco, acho que por osmose mesmo. Então assim que saiu no cinema, lá fomos nós – já falei, férias na cidade, o jeito é aproveitar assim. Problema de ir assim cheio de expectativa é que as chances de decepção aumentam consideravelmente – o que não aconteceu de jeito nenhum. Todas as expectativas superadas: Francisco adorou, eu também!

O filme é bacana pra ir em família mesmo – nostalgia para nós, os grandes, e diversão para os pequenos. Na historinha, a gente conhece aquele Charlie Brown tímido e um tanto quanto inseguro. Uma garotinha ruiva se muda para pertinho da casa dele e ele se apaixona perdidamente – é em torno dessa conquista que gira o filme todo. Lógico que a coisa não é fácil para Charlie Brown – mas ele conta com a parceria de seu fiel amigo Snoopy e de todos os colegas da turma: Lucy, Linus, a irmã Sally e o resto da galerinha. O final é uma delícia, cheio de esperança e festa.

Charlie Brown Não Desiste Nunca!

Charlie Brown Não Desiste Nunca!

Uma passada na livraria depois do cinema e qual o livro que o Francisco escolhe? “Charlie Brown Não Desiste Nunca!” – o livro do filme. A história é a mesma, as ilustrações são cenas do filme, sem tirar nem pôr – eu achava que podia ter uma ou outra coisa diferente, mas nada. Foi nossa leitura da noite de ontem, e foi algo como rever o filme ali nas páginas – o que acabou sendo divertido! Quer saber? Valeu o combo: filme + livro! 😉

***


18 dez 2015

Especial Natal: Histórias Natalinas para Curtir com os Pequenos

Escrito por
Livros

Sabe, eu sempre acho que não sou muito de Natal – fico me enrolando pra arrumar a casa, a árvore fica guardada até o último minuto, a guirlanda é pendurada na porta quase lá. Mas falou em historinhas de Natal, passou carro do Papai Noel da Coca-Cola, pronto, começa meu chororô. É, me emociono mesmo – ou seja, não sou muito de Natal uma ova, vamos combinar! Desde o início do mês já circula aqui pela casa livros natalinos – uns nossos, outros emprestados da Biblioteca Pública do Paraná. Por isso, era hora de fazer nossa seleção dos preferidos. E né, cês me conhecem – não esperem nada muito óbvio, nem muito clichê, e muito menos nada chato. Cinco histórias de Natal que valem mesmo conhecer!

1.A CHRISTMAS CAROL, de Charles Dickens

Não vale olhar feio porque começo logo com uma história em inglês, mas é que esse é sem dúvida o maior dos clássicos de Natal, contado e recontado por todos há algumas décadas – foi escrito em 1943. Dizem que foi escrito em menos de um mês – Charles Dickens precisava pagar dívidas, e rápido. Mal imaginava ele que viraria a história de Natal mais recontada da história. No livro, conhecemos o Sr. Scrooge, homem avarento, que detesta a época de Natal – não se conforma, por exemplo, quando seu funcionário Bob tem que sair mais cedo às vésperas do dia 25 para a festa. Um dia volta para casa e leva um susto: é visitado pelo fantasma de seu antigo sócio, que lhe avisa: três outros fantasmas o visitarão aquela noite, e é bom escutar o que eles têm a dizer. Aparece então o fantasma dos Natais Passados, o do Natal Presente e o dos Natais futuros, cada um lhe levando a um momento da vida. Quando Scrooge vê o futuro (nada feliz) que lhe aguarda com todo esse rancor no coração, percebe que o melhor é ser feliz e generoso. Nossa edição é ilustrada (e autografada, olha que chique) pelo Brett Helquist – mas no Brasil há várias edições diferentes: a L&PM tem versão quadrinho e versão texto, ambos com o nome Um Conto de Natal; na Companhia das Letras há uma versão ilustrada, cujo nome é Canção de Natal.

a-christmas-carol-01

a-christimas-carol-02

2.COMO O GRINCH ROUBOU O NATAL, de Dr. Seuss

Tá aí outro clássico, um pouco mais novo – esse é dos anos 50! Do gênio Dr. Seuss, que possui mais de 60 livros infantis publicados, o livro é uma história de Natal cheia de humor. Divertido e engraçado pacas, conta a história do (também) rabugento Grinch, que não gosta nada do Natal. Um dia decide que o melhor é acabar com a festa: rouba todos os presentes, árvores e comidas natalinas das casas, certo de que vai cancelar tudo…mas supresa: o pessoal comemora mesmo assim! “Talvez o Natal”, pensa ele, “não se compre no supermercado. Talvez o Natal, quem sabe, seja algo com mais significado!”. Nessa edição, há a versão em inglês, original, no final – publicado pela Companhia das Letras.

como-o-grinch-roubou-o-natal-01

como-o-grinch-roubou-o-natal-02

3. THE NIGHTMARE BEFORE CHRISTMAS, de Tim Burton

Ok, mais um em inglês – mas é que deixar esse fora da lista seria muita injustiça! É uma história completamente fantástica de Natal, escrita e ilustrada por ninguém menos que Tim Burton. Conta a história do esqueleto Jack, muito conhecido na cidade do Halloween – problema é que ele quer mais, muito mais. E decide que será também muito conhecido na cidade do Natal – então ele rouba o lugar do bom velhinho e afe, vocês não imaginam o quanro . Infelizmente, ainda não há edição no Brasil, só em Portugal. português. A nossa é britânica, comprei há muito tempo através do The Book Depository – há uma nova edição, com capa branca, que parece ainda mais bonita! A melhor notícia é que dá pra curtir o filme, que é demais – super musical, divertido; e tem no Netflix!

the-nightmare-before-christmas-01

the-nightmare-before-christmas-02

4. O NATAL DA TURMA DO SNOOPY, de Schulz

Esse é um livro que vale ter em casa, apesar do nosso termos emprestado da Biblioteca Pública – afinal, não há boa alma que não goste de Snoopy, seja grande ou pequeno. Essa edição reúne todas as charges do Snoopy e turma (Charlie Brown, Patty Pimentinha, Woodstock e mais) que eram lançadas na época de Natal, dos anos 50 até os anos 90. Impossível não se divertir com a rebeldia e os questionamentos da turma – nem a época de Natal passa imune, é divertido demais. Publicado pela Cosac-Naify.

o-natal-da-turma-do-snoopy-01

o-natal-da-turma-do-snoopy-02

5. SÁBADO NA LIVRARIA, de Sylvie Neeman, ilustrações de Olivier Tallec

Ai esse livro! Tão lindo, tão lindo – não parece de Natal nem nada, mas se passa na época. E sabe por que está na lista? Porque traz toda a esperança e amor que o Natal deve ter, ou que desejamos que tenha. Na história, conhecemos uma garotinha que vai à livraria todos os sábados – ela senta e lê seus quadrinhos, é hábito. Ela observa um senhor, que também vai todos os sábados, pega um enorme livro de guerra e lê, em silêncio. Quando vai embora, sempre entrega à vendedora e diz: “espero que a senhora não o venda logo…”. Até um dia, que, véspera de Natal, ele não encontra mais o livro. A garota ajuda a procurar, mas nada – alguém deve ter comprado para dar de presente, claro. Livro lindo, tocante, com ilustrações magníficas (são pinturas a óleo). Também da Cosac-Naify.

sabado-na-livraria-01

sabado-na-livraria-02

***