Forever Young

Ainda no clima musical da semana passada (ao invés de livro, eu indiquei um disco do Francisco, vocês viram?), hoje vou falar de um livro inspirado em uma música: Forever Young. O clássico dos anos 70 do ídolo Bod Dylan (quem não ama?), virou esse lindo livro aí, obra do artista Paul Rogers.

IMG_70221

O livro nada mais é que a letra da música inteirinha, toda ilustrada, estrofe por estrofe. Nessa nossa edição, brasileira, da Martins Fontes, a letra vem nas duas línguas, inglês e português.

IMG_70311

Todas as ilustrações são lindas e coloridas, nesse estilo anos 60, e detalhe: cheias de referências de todas as obras do compositor. Por exemplo, na ilustração aí em cima, repara comigo: na porta do quarto, o cartaz do disco Bob Dylan Greatest Hits (1967), a parede com fotos de músicos, o disco do Beatles ao lado da vitrola. E cada uma das ilustrações, em cada página, vem cheia de novas surpresas.

O próprio ilustrador, no final do livro, mostra página a página algumas coisas que possivelmente passariam imperceptível para o leitor, e avisa: algumas são um mistério, e cabe a gente descobri-las. E sugere: “pegue alguns álbuns de Dylan, sente-se, ouça a canção, folheie o livro e veja o que consegue encontrar”.

IMG_70381

É facinho de ler, um minutinho e pronto – por isso gosto de brincar de achar coisas com o Francisco em cada uma das páginas. Faço assim: nessa ilustração aqui em cima, um violão, onde tem? Um cachorrinho? Um menino se escondendo? Ele adora, faz o mesmo comigo. Justamente pelo livro não ter uma historinha em si, a gente inventou esse jeito de ler e de fazer do livro uma brincadeira. É divertido. Ainda não ouvi a música lendo com o Francisco, que eu acho que pode ser bem legal também – vou fazer isso logo. Vamos ver se ele curte.

Aliás, segue aqui a música, com uma animação do próprio livro:

***